PONTO DE ORDEM 

MUDANÇAS E REALISMO

Estamos num País que durante quarenta e dois anos foi governado por um Partido que, primeiro, defendia o sistema monopartidário, depois engendrou a mudança para o multipartidarismo e pelas muitas boas e mais razões do percurso percorrido, não se pode ignorar as estruturas criadas e que se tornaram fundamentais para cimentar a unidade do País, que apadrinhou a formação de muitos quadros nos mais variados domínios, que cimentou o orgulho de sermos donos do nosso próprio destino, como angolanos independentes.

 

Anteriores:

 

RECADO SOCIAL

 

NÃO TENTEM INFERNIZAR O PAÍS

Numa altura em que se está na recta final da preparação das condições humanas, técnicas e materiais para a realização das quartas eleições gerais do país, vinte e cinco anos depois, eis que vão surgindo algumas manifestações para inviabilizar a concretização de um processo que se espera pacífico, regular, legal, sobretudo, bastante participativo e com a transparência desejável num país civilizado.

 

Anteriores: 

  

LEITORES

DEPOIS DA SIC, QUEM VEM A SEGUIR?

Sou de opinião que quem tem poder pode e deve exercê-lo como bem entender, mas não pode coarctar os princípios de liberdade e de democracia tão bravamente conquistados em certos estados como Angola, que sacrificou a vida de milhares dos seus filhos para que eles constituíssem uma realidade.

Recado Social

NÃO TENTEM INFERNIZAR O PAÍS!

Numa altura em que se está na recta final da preparação das condições humanas, técnicas e materiais para a realização das quartas eleições gerais do país, vinte e cinco anos depois, eis que vão surgindo algumas manifestações para inviabilizar a concretização de um processo que se espera pacífico, regular, legal, sobretudo, bastante participativo e com a transparência desejável num país civilizado.

Figuras de Lá

Figuras de Lá - Edição nº187

Vida Social

ANGOLA MUSIC AWARDS 2017 GALA DE PREMIAÇÃO DA 5ª EDIÇÃO

Moda & Beleza

A ÁFRICA ESTÁ NA MODA

O fabricante têxtil Vlisco, de origem holandesa, há anos que explora e lidera o sector do comércio têxtil em vários países africanos. A sua primeira descoberta foi que a maioria de sua população não dava importância às mudanças da moda ocidental, eminentemente uma moda de massa. Para eles, a importância está no carácter individual que cada peça possa oferecer. Se a venda de roupas pronto-vestir  é pequena e restrita, a dos gloriosos tecidos, entretanto, vai de vento em popa, distribuídos  para todos os mercados mundiais.

Sociedade

LOMBALGIAS (DOR NAS COSTAS)

É uma das dores mais comuns no mundo. Saiba-se que cerca de 90% dos adultos já tiveram essa queixa pelo menos uma vez na vida. Depois da dor de cabeça, as lombalgias constituem a segunda queixa mais comum.Só para lembrar que a coluna vertebral suporta cerca de 2/3 do corpo humano e ela deve ser mantida mais vezes em posições fisiológicas certas, fundamentalmente erecta

Desporto

JUSTO CAMPEÃO DA 1ª VOLTA PETRÓ(LEO) PROMETE ATINGIR O TOPO

O Petro de Luanda, ao vencer a 1ª volta do Girabola ZAP, demonstrou que este ano, embora não assuma directa e oficialmente, tem como objectivo principal vencer o campeonato e que não é em vão que ostenta 15 títulos. A sua causa vai ser acérrima até ao fim enfrentando adversários como o 1º de Agosto e Kabuscorp do Palanca que, na pausa da prova, através de Ivo Traça (técnico-adjunto militar) e Bento Kangamba (presidente dos palanquinos), a deixarem claro que o campeonato vai ser definido nas sete primeiras jornadas da segunda volta.

O Petro logrou o seu desiderato fruto de 11 vitórias, um empate e três derrotas, com 34 pontos, mais um que o seu arqui-rival 1º de Agosto, em segundo, e mais dois que o terceiro Kabuscorp do Palanca

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital