ECONOMIA & NEGÓCIOS

Grupo Zahara toma medidas contra a fraude

CARTÃO KERO TERÁ PIN DE SEGURANÇA

 

PÁGINA ABERTA

ZECAMUTCHIMA, PRESIDENTE DO MOVIMENTO DO PROTECTORADO DA LUNDA TCHOKWE   

“A REGIÃO LUNDA TCHOKWE  NÃO FAZ PARTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA”

“Nós somos o povo lunda. A Lunda é uma coisa e Angola é outra coisa.

Nós somos o Movimento que luta para libertar a Lunda e ter um Estado com o seu governo. Os ngolanos estão a mais na Lunda. A Administração e a Constituição de Angola na Lunda não valem”- Foi assim que, em várias ocasiões, José Mateus Zecamutchima, Presidente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe,  fez questão de sublinhar à nossa revista, quando chamado a pronunciar-se sobre os objectivos pelos quais foi criada, há 12 anos...

 

DOSSIER

FUNDO SOBERANO E O REPATRIAMENTO DE CAPITAIS

OS MILHÕES QUE NÃO SAÍRAM DE ANGOLA 

Investimentos na exploração de madeira, num exercício que roubou o pão a dezenas de empreendedores que davam os primeiros passos, e na hotelaria e turismo, com a construção de academia, sugerem, segundo observadores atentos, uma espécie de pente-fino

 

FIGURA DO MÊS

O LUTADOR PELA LIBERDADE, O PAI DA NAÇÃO SUL-AFRICANA, O HERÓI DA ÁFRICA INTEIRA

RELEMBRAR NELSON MANDELA, SEMPRE!

Nelson Rolihlahla Mandela (Mvezo, 18 de Julho de 1918 — Joanesburgo, 5 de Dezembro de 2013) foi um advogado, líder rebelde e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra, vencedor do Prémio Nobel da Paz de 1993,[1] e pai da moderna nação sul-africana,[2] onde é normalmente referido como Madiba (nome do seu clã) ou "Tata" ("Pai")

 

 

PONTO DE ORDEM 

SOLIDARIEDADE CONTRA A CORRUPÇÃO

Logo no início do seu mandato, João Lourenço disse ao que vinha, sem curvas, e, para quem o quisesse perceber, foi alertando que os dirigentes do país precisavam urgentemente de  dar passos decisivos para moralizar a nossa sociedade,"valorizando os bons comportamentos, atitudes e práticas, combatendo aqueles actos que em desafio e violação das leis existentes, tantos males causam à nossa comunidade e ao bem comum".

 

Anteriores:

 

RECADO SOCIAL

AQUI A LEI SECA NÃO PEGA ...

Quer dizer, no tempo da Lei Seca, as pessoas do congresso estavam tudo menos secas! Assim, na maior parte dos casos, aprovavam as leis de forma , digamos, não tão séria quanto juraram defender a Constituição nos mui respeitosos actos de tomada de posse.

 

Anteriores: 

  

LEITORES

ATACARAM O MENSAGEIRO E NÃO A MENSAGEM

Eu cá acho que o  formato do programa é que não deve ser dos gostos das habituais linhas editoriais de outros meios de comunicação massiva superiormente orientados pelo partido no poder. Só acho! Mas devo também respeitar a opinião dos que ventilaram esta nota pública em nome do MPLA, cujos dirigentes actuais certamente não concordarão  com o seu conteúdo e forma.Interessa realçar o seguinte: têm, sim, razão que o programa não se deve intrometer em assuntos de foro jurídico que ainda estejam sob o segredo de justiça.No resto, acredito que o “Fala Angola” que só começou a engatinhar, pode ganhar mais fôlego com críticas construtivas, mas deixem o apresentador actual, ou quem venha a substituí-lo, trabalhar.

Economia & Negócios

GOVERNO RECONFIRMA APOIO FINANCEIRO DO FMI PRESENÇA DO FMI É NECESSÁRIA?

Um dos principais temas de destaque internacional continua a ser questão do petróleo como recurso estratégico fundamental ao dispor dos estados. As perspectivas para a economia nacional estão dependentes da volatilidade desta "commodities" que têm vindo a ganhar força ao longo dos últimos seis meses. É que recentemente, teve uma ligeira recuperação: o preço do barril de petróleo  atingiu USD 80!

Cultura

MAIS DE 90 OBRAS... PAULO JAZZ MOSTRA "O ANJO COLORIDO"

Noventa e sete obras do artista plástico angolano Paulo Jazz estiveram expostas na galeria Hall de Lima Pimentel, em Luanda, com o título genérico " O Anjo Colorido". Elas fazem parte de um conjunto de 147 concebidas há mais de duas  décadas(algumas já expostas e outras inéditas)

Cultura

NOVELA NA BANDA TV "MUXIMA" RETRATA VALORES TRADICIONAIS

​A Banda TV está a exibir, de segunda a sábado (21 Horas), a mais nova telenovela de produção nacional, intitulada "Muxima", que retrata o quotidiano da cidade de Luanda e valores tradicionais

Cultura

ARTISTA EXPÔS "SELECTIVE WORKS" NO ESPAÇO MUDE DE MELO REGRESSA À PORTUGAL

O Espaço Mude, na Vila Nova de Famalicão, Portugal, acolheu a exposição  "Selective Works", do artista plástico angolano, Hildebrando de Melo. A exposição representou o regresso de  à terra onde há precisamente 25 anos iniciou a sua formação artística

Leitores

A CULPA NÃO É APENAS DO PRESIDENTE DA FAB...

Hoje, a FAB é aquilo que se pode chamar de "saco de pancadas". Mas como não estou a falar de boxe, vou tentar encestar, calma e pacificamente.

Página Aberta

JOSÉ LUÍS MENDONÇA: "É PRECISO RESOLVER CERTAS SITUAÇÕES DOLOSAS HERDADAS DO ANTERIOR REGIME"

O escritor angolano José Luís Mendonça defende a necessidade de se incluir, nos currículos académicos, a leitura obrigatória, com avaliação de obras de autores nacionais de referência.O autor do romance “O Reino das Casuarinas” afirma que a literatura e o jornalismo são como um sacerdócio e deixa aos candidatos a escritor um alerta: ler, ler e ler até queimar as pestanas.Estivemos à conversa com este  nome que há muitos anos desponta na literatura e no jornalismo cultural. José Luís Mendonça analisa de forma bastante crítica o passado de uma governação recente que deixou o país num estado sócio, político e económico degradante.Para si, a única coisa que foi bem feita por José Eduardo dos Santos, com o recurso aos melhores quadros técnicos do país, foi a “acumulação primitiva do capital” (que, em termos históricos, é um insulto contra a memória dos nossos antepassados levados como escravos para o Brasil)".

JLM considera que o (actual)   Governo tem de ser mais expedito na resolução dos problemas relacionados com o sistema de Saúde Pública e da Educação, que deve ser inclusiva. "Nós não temos Saúde, não temos Educação de qualidade e temos uma polícia na rua a dar-nos medo. Há que ter urgência em resolver certas situações dolorosas herdadas do anterior regime", alerta o nosso interlocutor

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital