FIGURAS DO MÊS

 
2 de julho 2014 - às 19:18

ZULEICA WILSON, MISS ANGOLA 2014 FORTE BELEZA INTERIOR E MUITA DETERMINAÇÃO!

Zuleica Wilson, a actual Miss Angola, acredita que uma forte Beleza interior aliada a muita determinação são trunfos importantes para vender os desafios que se lhe colocarem. Por isso, ela diz que não tem medo e sente-se preparada para o Miss Universo, onde defenderá as cores de Angola. "O facto de Angola já ter tido este título dá-me mais força e, claro, sinto um pouco de pressão, o que é bom sentir isso, pois triplicarei o meu esforço"

 

Figuras & Negócios (F&N) - Ao contrário das outras misses, desde que foi eleita tem aparecido pouco na mídia. Isso deve-se a uma nova estratégia sua ou existirão outros motivos? 

Zuleica Wilson (ZW): Deve-se a nova estratégia do Comité Miss Angola na qual defende-se em 95% as causas sociais, onde eu tenho me destacado e me empenhado  muito, sobretudo procuro mostrar que uma mulher bonita também pode ser solidária.  Esta estratégia do Comité já foi adoptada a alguns anos e os mais atentos obviamente notaram a diferença ao longo dos anos. 

F&N- Como se prepara psicológica e fisicamente para representar Angola nos compromissos internacionais que se avizinham,  nomeadamente o Miss Universo? Sente, de certeza absoluta, o peso da sua responsabilidade, até a julgar pelo facto de Angola já ter conquistado um título? 

ZW: Fisicamente, uma boa alimentação junto de exercícios físicos para manter o peso ideal, psicologicamente, uma mente sã requer determinação, força de vontade e fé. Não tenho medo e me sinto preparada para o Miss Universo. O facto de Angola já ter tido este título dá-me mais força e claro sinto um pouco de pressão o que é bom sentir isso, pois triplicarei o meu esforço. De qualquer maneira, sinto a responsabilidade e o peso que me cabe, e darei o meu melhor para representar Angola da melhor maneira possível. 

F&N- É bonita, por isso mesmo foi eleita Miss Angola. Há clima e força anímica para que tenha uma boa participação no Miss Universo. Como está ser a sua preparação e, no seu entender, qual o ponto forte onde deveria dedicar atenção? 

ZW: Na minha opinião, para qualquer pessoa que queira caminhar para o sucesso, tem que ter determinação e eu não me excluo dessas pessoas.  Por isso, a determinação é e sempre será um dos meus escudos para caminhar e para enfrentar qualquer concurso e ter uma boa participação. 

F&N - Acha que esses concursos de misses têm contribuído para a valorização da mulher angolana engajando-a para uma superação profissional e académica ou constituem apenas de cabides para entrarem para o mundo da fama? 

ZW: Sinceramente, acho que depende do que a candidata ao concurso quer e pensa do seu futuro. No meu caso, o Miss Angola trouxe-me uma nova descoberta que é a paixão por comunicação social, gestão de empresas é a minha área de formação, mas agora descobri e quero investir em comunicação social. Portanto, depende muito da candidata pois quem procura sucesso (que é totalmente diferente da fama) e que traduz-se na realização pessoal, descobre e abre novas portas na área profissional e académica. 

F&N-  O que fará quando deixar de ser Miss? Quais as suas grandes ambições profissionais ? 

ZW: Uma vez Miss sempre Miss.Em primeiro lugar, terminar os meus estudos em gestão de empresas, pois ainda estou no bacharelato (terceiro ano), tenho vários planos, um deles é começar uma formação e carreira em comunicação social e, também, se possível, exercer a função da minha formação por excelência. 

F&N- Como é o dia a dia de Miss? Conhece bem Luanda e tem cá família? Tem sido fácil viver longe da família? 

ZW: Há dias agitados, cheios de actividades e outros dias mais calmos. Tenho sim família cá, obviamente que não é fácil mudar de província e encarar uma nova realidade. 

F&N-  Fale-nos da sua relação com o Comitê, enfim de todo o pessoal que a envolve para que o seu mandato de Miss se desenvolva sem embaraços. Acha que algo deve mudar para se criar uma sinergia mais forte entre o Comité e as misses eleitas? 

ZW: São todos muito queridos e profissionais, somos como uma família e cada um faz o seu trabalho para o bem comum. 

F&N- Até quando a experiência de outras misses tem sido encorajadora para o seu reinado? 

ZW: Ouvir a história de como foi o reinado de outras misses, experiências pessoais delas, dão-me uma visão como a vida de uma  Miss funciona, as mudanças até hoje, as estratégias para as actividades e ideias.  

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital