DESPORTO

 
2 de January 2021 - às 07:57

SCHUMACHER JÁ ERA PORTIMÃO CONSAGROU HAMILTON

Hamilton alcançou sua primeira vitória na F1 na sua sexta corrida, aos 22 anos, na estreia em 2007.  Foi o mais jovem campeão mundial de F1 com 22 anos e 287 dias - um recorde que ainda permaneceria. Mesmo assim, conquistou o título no ano seguinte, aos 23 anos e 300 dias.

 

O facto demorou, mas o cepticismo quebrou. Agora o inglês Lewis Hamilton ultrapassou as 91 vitórias de Michael Schumacher e se tornou o líder de todos os tempos em vitórias em Grandes Prémios de Fórmula 1.

A história fez-se num domingo de grande expectativa no Circuito de Portimão, em Portugal,  onde Hamilton nunca tinha corrido com um carro de F1, e ainda mais numa pista que nunca tinha sediado uma corrida de F1 antes desta temporada de 2020 afectada pelo coronavírus.

Hamilton alcançou sua primeira vitória na F1 na sua sexta corrida, aos 22 anos, na estreia em 2007.  Foi o mais jovem campeão mundial de F1 com 22 anos e 287 dias - um recorde que ainda permaneceria. Mesmo assim, conquistou o título no ano seguinte, aos 23 anos e 300 dias.

Começando sua carreira na então dominante McLaren, Schumacher enfrentou um teste indiscutivelmente mais difícil, dirigindo um carro da Benetton que estava competindo com alguns dos melhores carros de todos os tempos da McLaren, Williams e Ferrari. Em 1992, Nigel Mansell da Williams venceu nove das 16 corridas daquele ano, com seu companheiro de equipe Riccardo Patrese vencendo uma. 

Ayrton Senna e Gerhard Berger, da McLaren, venceram cinco corridas entre eles, deixando uma restante: a primeira vitória de Schumacher. Foi na mesma pista onde se estreou no ano anterior: Spa-Francorchamps na Bélgica. 

A temporada de 1993 foi o último ano da rivalidade Alain Prost-Ayrton Senna, e em 1994 Schumacher conquistou seu primeiro campeonato mundial de F1. A cerimónia frequentemente seguia o alemão ao longo de sua carreira, e 1994 deu o tom para isso.

 Apesar de não ter registado um ponto em quatro corridas por causa das proibições, Schumacher levou o título - embora ainda seja debatido hoje se sua queda contra o rival Damon Hill na corrida final foi intencional ou não.

A verdade é que Lewis Hamilton "ofuscou" tudo isso e fez jorrar o champanhe no tecto do mundo. É, afinal, o melhor de todos os tempos.

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital