SOCIEDADE

 
26 de dezembro 2016 - às 08:01

SAÚDE PÚBLICA EM JOGO DIABETES: A MAIOR CAUSA DE MORTE CARDIOVASCULAR

Popularmente conhecida como “doença do  muito açúcar no sangue” é mais dolorosa nas complicações crónicas; a diabetes não poupa crianças, nem grávidas, nem idosos e tem uma taxa de mortalidade espectacular. Ela afecta mais de 260 milhões de pessoas no mundo…  Até 2025 serão dez vezes mais as pessoas atingidas. Considera-se  já como o maior vilão das mortes cardiovasculares no mundo. Não haja dúvidas que  a obesidade promete muitos estragos hoje e no futuro. O alerta está dado, meus caros

 

A diabetes é uma doença que anda a matar milhões, muito à custa de falta de informação adequada e de recursos para tratamento e de uma dieta equilibrada, especialmente no caso africano, onde a pobreza faz moradia com o “diabo” - o rei das mortes.

Geralmente é chamada “doença do excesso de açúcar” no sangue (a tal de glicemia), por déficit de metabolismo,muito por culpa do mau funcionamento das células Beta do  pâncreas, ou de dificuldades  de circulação por excesso de gordura abdominal. Assim o açúcar é retido na periferia e não é  aproveitado como energia pelo cérebro e restantes órgãos nobres, tais como músculos, glândulas diversas, etc.

Causas da diabetes - A  hereditariedade é bem reconhecida. A obesidade é outro vilão. O alcoolismo idem. Vírus que danificam o pâncreas como o Caxumba entram nas contas. A mandioca azeda crua, tem ácido úrico que danifica o órgão e dá diabetes.

Quanto às complicações, são várias e habitualmente crónicas. O coma pode ser o primeiro  sinal de diabetes. A disfunção sexual é importante complicação. As pequenas feridas que viram úlceras e levam o diabético ao bloco operatório para amputações do pé diabético (úlcera crónica da planta do pé). O deficit imunitário originam a tuberculose pulmonar, pneumonias, sepsis urinárias, etc. As hipoglicemias etílicas e ou insulínicas, a cegueira, os glaucomas, as parestesias periféricas, a anemia crónica, as disfunções cardíacas e a insuficiência crónica, completam o quadro de complicações.  

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital