MUNDO REAL

 
2 de outubro 2016 - às 05:12

O PRIMEIRO PASSO PARA O VOTO

O Ministério da Admnistração do Território tem sido exaustivo em termos de campanha de sensibilização para o registo eleitoral, incluindo mensagens telefónicas, chamando os cidadãos para o voto, daí que temos todos que responder a este apelo.

 

Estamos em ano pré eleitoral. A agitação própria deste periodo já começou, o cenário político fica mais agitado e os principais partidos políticos começam a agitar as suas bandeiras. Estamos a caminho de mais um pleito eleitoral, mais um momento para a escolha de quem vai governar o país nos próximos anos.

No âmbito do processo eleitoral, começou uma das fases, a do registo eleitoral, apesar dos questionamentos sobre quem deveria conduzir esta fase do processo, os postos de actualização estão espalhados pelo país e os cidadãos são chamados a confirmarem os seus dados para o registo. Esta é uma fase crucial para as eleições e para permitir que os cidadãos possam participar do processo, ou seja, só estando devidamente registado e com o cartão, o cidadão poderá exercer o seu direito ao voto.

Embora os partidos políticos da oposição estejam a concentrar baterias para o periódo de campanha eleitoral, acredito que deveriam virar-se para esta fase do processo, e, ao invés de persistirem na discussão de quem deveria conduzir esta fase, o mais importante seria mobilizar os seus militantes para o registo, para que no momento devido possam depositar o seu voto.

Os cidadãos, no geral, devem empenhar-se no processo e fazer o registo como forma de garantir o direito ao voto, para que possam fazer a sua escolha de forma consciente. De nada adianta reclamar pelos cantos da situação do país se não vamos as urnas. A abstenção não é resposta a nada.    

Mais do que tudo, precisamos participar da vida pública do nosso país e as eleições são um grande momento, especialmente em 2017 em que confirmamos um ciclo de eleições regulares e o país vive um momento tão delicado. Todos temos uma palavra a dizer, todos!

O Ministério da Admnistração do Território tem sido exaustivo em termos de campanha de sensibilização para o registo eleitoral, incluindo mensagens telefónicas, chamando os cidadãos para o voto, daí que temos todos que responder a este apelo. Seria importante também mais campanhas e mais mensagens em línguas nacionais e nas diferentes aldeias do país pois a população rural, por regra, é a mais marginalizada.

O registo eleitoral é o primeiro e derradeiro passo para o voto. A população votante deve ser toda mobilizada para esta fase do processo e é importante que decorra com lisura e transparência para que possa concorrer para uma maior confiança dos actores em relação ao processo.

Cada voto conta! 

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital