PONTO DE ORDEM

 
25 de junho 2019 - às 07:18

NOVA ERA COM NOVOS DESAFIOS

 

Já lá vão trinta e dois anos desde que a revista "Comércio Externo" tinha sido publicada. Estava lançada a primeira semente   para que a revista "Figura & Negócios" germinasse e desse os frutos desejados pela nossa respeitável massa de leitores.Foi graças a estes leitores companheiros  deste já longo percurso que o nosso produto vingou num mercado prenhe de dificuldades mil,  motivadas fundamentalmente por questões financeiras.

Ainda assim , fomos capazes de, no meio de tanta e farta diversidade, cumprir com os princípios  plasmados na nossa carta editorial virada à defesa da liberdade de imprensa. O foco esteve sempre direccionado em prol da afirmação de uma comunicação social nacional cada vez mais actuante e influente na resolução dos problemas mais candentes do país.Duro, penoso, mas motivador, foi este o percurso trilhado e, passados que são vinte anos, prosseguimos na mesma senda, reconhecendo todos quantos deram e continuam a dar o melhor de si  para que o nosso projecto editorial vingue e atinja o topo das publicações mais apreciadas no país e mesmo no estrangeiro. 

Lembramo-nos das homenagens feitas pela Business International Direction (BID) à Revista Figuras & Negócios, uma das quais realizada durante uma cerimónia que decorreu em  Paris, onde recebeu uma distinção de reconhecimento pelo percurso trilhado ao longo dos anos.

Sempre é reconfortante recordar que, apesar dos obstáculos encontrados, sempre permanecemos na linha da frente para que jamais a nossa missão de informar com rigor, transparência, verdade, baseada no respeito pelas normas de um jornalismo imparcial, fosse posta em causa. Por sermos persistentes nesta linha de orientação, bastas vezes alguns escritos críticos contra a  gestão corrente da coisa pública, foram muito mal entendidos. Hoje, o produto saído das penas dos nossos jornalistas efectivos e colaboradores continuam  com a mesma marca: a marca da verdade e da justiça  contra todos quantos tentaram adiar o sonho de um país inteiro, cujos filhos  se sacrificaram para que  conquistasse a paz e consolidasse a unidade nacional.

A nossa história começou,pois, com a revista especializada "Comércio Externo", que cresceu a par de um país que, entretanto, respirava muita política, cultura, desporto e uma economia de mercado pujante, onde milhares de actores se perfilaram para que Angola deixasse para trás um passado carregado de desesperança e frustrações. Foi neste mar turbulento de transformações políticas e sociais importantes que a Revista Figuras & Negócios acabou por surgir há vinte anos como uma publicação influente no panorama da informação, caminhando sempre lado a lado com o seu público leitor fidedigno e muitas empresas nacionais e internacionais que, com a sua parceria, fortaleceu a ideia de que jamais deveríamos desistir da nossa nobre missão de, também,  fazer passar a sua mensagem.

...Numa altura em que nos preparamos para consolidar a nossa presença junto dos leitores, através de mais plataformas digitais, surgem igualmente novos desafios e estes estão sempre ligados aos nossos clientes. São eles que nos fizeram sobreviver até hoje e é com eles que vamos certamente contar para que continuemos a concretizar os nossos objectivos.

Eis-nos, pois, chegado ao momento ímpar na história da existência da "Figuras &Negócios": o momento em que tem de dar tudo para que sobreviva a  mais um momento de crise financeira do país, que teima em prevalecer, diante dos esforços do novo executivo tendentes a melhorar a vida dos angolanos. É neste contexto que vamos apostar o que temos e o que não temos para que o formato digital  do nosso produto atinja o maior número possível de seguidores/leitores e potenciais clientes numa altura em que todos os angolanos devem reunir forças para encarar de frente esta montanha de dificuldades económicas que atiraram para o desemprego milhares de trabalhadores, destruíram o sonho de uma geração inteira de jovens sem educação e saúde, enfim, completamente entregues à sua sorte.

Coincidentemente, surgimos neste novo formato com uma nova "cara" e com um número redondo: a edição 200 do mês de Maio em que se comemorou o Dia de África; um mês em que  também se comemorou o Dia da Liberdade de Imprensa. Postos aqui, resta-nos desejar que nos acompanhem neste novo trilho: desafiante, de muita luta e de compromisso para que o país se consolide rapidamente na órbita dos estados do mundo onde , de facto, se respira a liberdade. 

 

Victor Aleixo
victoraleixo12@gmail.com

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital