MODA & BELEZA

 
8 de junho 2017 - às 06:16

MARIA BORGES: A MODELO ANGOLANA QUE CONQUISTOU O MUNDO

A modelo angolana Maria Borges tornou-se na primeira mulher africana do século a ser capa da revista norte-americana Elle depois de ter sido escolhida pela revista para, com outras seis top models, ser capa da edição de Maio, o que, no que toca ao ramo da moda é uma grande honra para a selecionada e catapulta a sua carreira

 

Com Maria Borges foram escolhidas mais seis modelos. No site da revista a modelo angolana refere que a indústria da moda está aqui para todos independentemente da cor ou raça” e acrescentou: quando eu estava crescendo, eu nunca vi alguém como eu, e agora as outras garotas podem ver alguém como eles. É tudo inspiração.

Nas redes sociais, a modelo partilhou a capa da revista, deixando um agradecimento aos fãs pelo apoio incondicional. “É uma honra ser a primeira mulher africana do século a aparecer na capa da revista Elle provando que não há uma única definição de beleza. “Obrigada a todos pelo apoio incondicional”, acrescentou dirigindo-se aos seus fãs.

Há muito que a modelo angolana vem fazendo história e conquistando as passerelles internacionais.

Em Outubro de 2015, ela participou do icónico desfile da marca Victória Secrets com o seu cabelo natural penteado ao estilo africano, tendo-se tornado na primeira mulher a fazê-lo desta forma.

“Muito obrigado! Bem, eu cortei meu cabelo há alguns meses para reiniciar desde o início e cuidar dele para que ele cresça naturalmente saudável. Eu tive uma óptima temporada de moda em Setembro, então eu disse ao meu agente que eu realmente gostaria de andar no desfile de moda 2015 Victoria Secret enquanto balançava meu curto cabelo Afro”, realçou a mesma na altura.

Já no início deste ano Maria Borges, de 24 anos, foi anunciada como o novo rosto da conceituada marca Loreal Paris. Este é o coroar de uma carreira de sucesso que lhe permitiu desfilar para La Perla e Ralph Lauren. "Eu acredito na beleza da diversidade e na mensagem de poder que uma menina que começou a partir do fundo pode ser um símbolo de beleza internacional e ser uma prova viva de que nossos sonhos são válidos e o futuro à nossa frente é brilhante", acrescentou sobre mais esta conquista.

A carreira de sonho desta angolana começou quando, em 2010, venceu o concurso “Elite Model Angola”. Em Angola ela foi modelo da Step Model, mais tarde participou do Moda Lisboa e do Portugal Fashion e em 2012 conseguiu contratos para desfilar no Nova York Fashion Week e de lá para cá não mais parou no panorama internacional.

A desfilar para as principais marcas internacionais e merecendo destaque nas principais revistas de moda no mundo Maria Borges tem, definitivamente, o estatuto de top model internacional e leva consigo o nome de Angola, seu país natal. 

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital