FIGURAS DE CÁ

 
27 de November 2020 - às 17:35

Figuras de Cá - Edição nº205

 

Luther Rescova

Morte traiçoeira

Jovem a palmilhar, passo a passo, o poder governamental, Luther Rescova morreu traiçoeiramente, como governador da Provincia do Uíge, na Clínica Girassol,em Luanda, vítima de doença. O País ficou consternado com o passamento físico dessa figura jovem tão talentosa, inspiradora e com um enorme potencial para fazer crescer o seu País e dignificar a juventude angolana. Após uma brilhante passagem pela JMPLA, Luther Rescova, membro do Bureau Político do MPLA, aceitou com coragem o convite feito por João Lourenço, de governar a “desafiadora” cidade de Luanda, tendo se destacado como o primeiro governante mais jovem e dinâmico na cidade que o viu crescer e, inesperadamente, o fim da sua trajectória como governador da província o viu nascer. O malogrado deixa viúva e dois filhos. País, familiares e amigos despedem-se de um valoroso filho da pátria que descansa em paz na glória de Deus.

**************************

Carvalho da Rocha 

Recuperado

Carvalho da Rocha é o novo Governador do Uíge e substituto do malogrado Jovem Luther Rescova que morreu de doença. Carvalho da Rocha, habituado em telecomunicações, vai dirigir a província do Uíge que também tem problemas com as telecomunicações mas,  tem muitos problemas mil desde a economia da província, do bem estar das populações e o bem cultural.

**************************

Síndica Dokolo 

Acidente fatal

Síndica Dokolo, empresário e marido de Isabel dos Santos, morreu no dia 28 de Outubro, no Dubai, vítima de afogamento enquanto fazia mergulho de apeneia, uma actividade que praticava com frequência, segundo uma fonte familiar. Síndica Dokolo, de 48 anos, nasceu em Kinshasa, capital da RDC. Casado com a filha do ex-Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, desde 2002, e pai de quatro filhos fruto do casamento com Isabel dos Santos. Na sua conta no Twitter, Isabel dos Santos publicou a foto abaixo do casal sem qualquer legenda.

**************************

Jomo Fortunato 

O "SUPER"
MINISTRO

Jomo Fortunato foi nomeado pelo Presidente da República, ministro da Cultura,Turismo e Ambiente em substituição de Adjany Freitas Costa que, em apenas seis meses de consulado como ministra mais jovem do governo e, rendida por "quesílias internas",  foi movida para presidência da república onde terá a função de Consultora do Chefe. Por sua vez, Jomo, ex PCA do Memorial Agostinho Neto, exonerado antes mesmo de "aquecer o banco", por alegada má gestão e ter cometido erros de palmatória, resurge em grande como governante, no "super" Ministério - Turismo, Cultura e Ambiente - cujos pelouros ele parece ser “peixe na água”. 

**************************

Adjany da Costa 

DESAFIOS

Dona de um brilhante currículo, a jovem bióloga e conservacionista Adjany da Silva Freitas Costa é uma jovem de sucessos. Destacou-se na arena internacional com o prémio “ONU – Jovens Campeões da Terra”, pelo seu desempenho como coordenadora do projecto “Okavango Wilderness Project” que é um esforço plurianual para se explorar a bacia do rio Okavango em África. Da ciência, chegou à política pelo governo de João Lourenço como Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente mas, agora, ocupará o majestoso cargo de Consultora do Presidente da República. Adjany da Costa, identificada como a Ministra mais jovem da história de Angola, está a construir a sua trajectória como cientista e tecnocrata, caminhando na linha da frente com vista ao bom desempenho da governação de João Lourenço. 

**************************

Manuel Vicente

Corrupção

Fala-se que a corrupção na Sonangol aconteceu de forma fulgurante no período da gestão de Manuel Vicente, o amigo dos ex-dirigentes aclamados de "gatunos". Tambem, a nível interno, responsáveis da petrolífera acusados de corrupção e nepotismo estão ligados àquele que no consulado de José Eduardo dos Santos, tornou-se VPR (Vice-Presidente da República). É, deveras, um peso angustiante para Manuel Vicente que em 2022 termina, de acordo com a Constituição, a sua imunidade como ex-VPR, ser colocado à disposição da Justiça angolana para responder por presumíveis crimes pelos quais está a ser arrolado pela PGR.

**************************

Joana Lina

O preço
da governação

Joana Lina está a experimentar o preço da governação, agora em Luanda, com uma manifestação popular que descambou em arruaça, promovida por organizações da sociedade civil, contra o alto nível de desemprego e a favor das eleições autárquicas em 2021, com um saldo negativo de vários detidos pelas forças policiais, feridos e avultados danos materiais públicos e privados. Como governadora provincial de Luanda ela apelou à disciplina e à contenção dos actos mas os manifestantes nem estavam na onda de Joana Lina, pelo contrário, têm estado a incentivar e a promover uma nova manifestação para o dia 11 de Novembro.

**************************

Elisa Gaspar

"Bastonarizite"

Os colegas da Ordem dos Médicos de Angola, região norte, queriam “despachar” Elisa Gaspar, Bastonaria, para rua. O que se disse, alguns ambiciosos, fizeram feio a tarefa e afundaram-se pela "bastonarizite", quer dizer, lutaram pelo cargo da Bastonária. Resultado: zangaram-se os compadres, e a classe está dividida.

**************************

Manuel Rabelais

ENTREGUE À JUSTIÇA

A Assembleia Nacional votou por unanimidade a retirada da imunidade parlamentar ao deputado Manuel Rabelais para que possa responder à Justiça, como arguido, as acusações que pesam sobre si de peculato, nepotismo e branqueamento de capitais, segundo acusação do Ministério Público. Apesar de ter tido vários bens arrestados pela PGR, por essa altura, o também veterano do jornalismo angolano, goza da presunção de inocência enquanto decorrem os trâmites judiciais.

**************************

David Mendes

intrigas

O deputado independente na bancada da Unita no parlamento anunciou a sua desvinculação do partido, justificando essa decisão ao facto de a Direcção do partido ter se mostrado indiferente às ameaças de morte de que foi alvo por parte de um grupo de manifestantes pretensamente militantes do Galo Negro residentes no exterior do País. Não bastasse ter "batido com a porta", David Mendes foi mais longe, acusando o presidente do partido, Adalberto da Costa Júnior, de estar a financiar grupos de agitadores contra o Governo nas redes sociais. Tal e qual o velho adágio, “zangam-se os compadres, descobrem-se as verdades”.

**************************

Arlete Chimbinda

"CANSADOS DE SANGUE"

Segundo fontes do Galo Negro, Arlete Chimbinda terá colocado o seu cargo, vice Presidente da Unita, à disposição. O facto ocorrera na sequência do (presumível) envolvimento da UNITA nos actos de vandalismo e distúrbios observados durante a manifestação que levou a detenção pela polícia de vários participantes, inúmeros feridos e danos materiais avultados. A “mamã querida”, como é carinhosamente tratada, mostrou-se indignada pelo cenário que considerou dramático e desesperador: "Eu não quero mais sangue. De sangue estamos todos cansados", lamentou. "Penso que a direcção que estamos a tomar é errada”, exteriorizou a veterana da UNITA.

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital