FIGURAS DE CÁ

 
6 de October 2020 - às 06:11

Figuras de Cá - Edição nº204

 

Carlos São Vicente

DINHEIROS

Carlos São Vicente entrou num imbróglio que vai criar fumaça em Angola. Gestor das AAA Activos, ele juntou na Suíça uma avultada remessa em dólares (900 milhões USD). As autoridades helvéticas desconfiaram das alegadas transações ilegais conotadas em crimes de branqueamento de capitais. Resultado: o dinheiro foi congelado e as autoridades helvéticas accionaram a PGR angolana que já está a investigar, não só os dinheiros suspeitos transferidos, mas também a sua relação na sociedade com a Sonangol EP enquanto era gestor maioritário da dissolvida seguradora AAA, razão pela qual, para um bom andamento do processo, ordenou, recentemente, o arresto judicial de vários edifícios propriedade da empresa espalhados pelo País. Acompanharemos os factos.

*******************

Zito Luvumbo

MESTRIA

Zito Luvumbo, antigo avançado do 1º de Agosto, vai ingressar no Cagliare, equipa italiana de futebol. Inteligente, ao driblar o adversário, Zito entra na Liga de Itália defrontando equipas de colossos, como Cristiano Ronaldo, da Juventus e é uma oportunidade para o jovem angolano ensaiar os seus dribles e remates que poderá guindar-se na fina flor do futebol europeu.

*******************

Mara D’Alva 

PROFISSIONALISMO

Afastada, há algum tempo, da Rádio Nacional de Angola, Mara D’Alva, locutora competente e profissionalmente, enveredou-se na televisão e dá provas de aptidão e desempenho na TPA onde conduz o programa “Janela Aberta” com Borges Maculo. Mara, uma das meninas de ouro na rádio, da um ar da sua graça na “telinha” onde inclusivamente “roubou” alguns ouvintes da RNA para o canal 1 da TPA. E agora, como ficam os antigos responsáveis da RNA?

*******************

Abel Chivukuvuko 

BAILE

Abel Chivukuvuku parece que não participará nas eleições gerais de 2022, como líder político concorrente, daí as voltas e o baile como se tem apresentado nos últimos tempos. Primeiramente, bateu com a porta ao seu partido de gema, a UNITA, rumando para projectar e dirigir a coligação CASA CE. Depois, foi "apeado" pelos seus compatriotas da coligação em volta a fortes polémicas. Refeito, muito recentemente tem estado à baila para formalização do seu partido, PRA-JA Servir Angola, junto do Tribunal Constitucional que tem, de forma reiterada e contextada, "chumbado" o processo para legalização do seu partido. Agora, Chivukuvuku queixa-se na comunidade internacional (Europa e América) argumentando que tem estado a ser vítima de perseguição política e que as instituições do Estado angolano não o  deixam participar como concorrente as eleições gerais de 2022. Pode?

*******************

Adalberto Costa Júnior

novas fraudes

Adalberto Costa Júnior desconfia que nas eleições gerais do País, em 2022, o MPLA  fará “batotas” porque, diz ele, os “camaradas” são práticos em questões do género. Por outro lado, nas hostes da UNITA, de que Adalberto é líder, desenha-se uma confusão entre militantes sobre o rumo e objectivos do partido do Galo Negro.

*******************

Vera Daves

FINANÇAS

Vera Daves é ministra das Financas do governo de João Lourenço e já tem o cunho de uma das governantes mais versáteis e influentes do Executivo. Desde que Angola tornou-se independente, Vera Daves, na casa dos 30 aos 40 anos de idade, torna-se a primeira mulher e acima de tudo, jovem, a assumir o cargo de Ministra das Finanças.

*******************

JES 

ANIVERSÁRIO

Longe da pátria e do seu povo, José Eduardo dos Santos  comemorou o seu aniversário em Barcelona (Espanha). Os seus familiares e seguidores acompanharam-lhe a apagar as setenta e oito velas de aniversário e recordaram os dias em que comemoravam os trinta e oito anos que Dos Santos dirigiu os destinos de Angola. 

*******************

Joana Lina

GOVERNAÇÃO

Salvo a episódica permanência breve do governo de José Eduardo de Santos como Ministra da Família, Joana Lina, agora no governo de João Lourenço, experimenta a dureza da governação primeiro como Governadora Provincial do Huambo e agora de Luanda, como disse certo dia o finado Mendes de Carvalho, que é o “buraco dos políticos”. Cheia de sorrisos no ambiente da selva onde mandam tudo e todos, Joana Lina pode (ou não) desenvencilhar-se e tocar o trombone.

*******************

Henrique da Silva (Toni)

COMPETÊNCIA

Chamado a dirigir os assuntos de investimentos no País, Henrique da Silva, ontem na Unitel e na Televisão Pública de Angola, está a gerir o seu "savoirefire", relações públicas e publiglotismo no contacto com investidores.

*******************

Lucas Ngonda

CONFUSÕES

Lucas Ngonda, presidente do partido FNLA,  tem no seu currículo, fomentador de atritos, ou melhor, confusões no interior do partido entre militantes. Não querendo, por exemplo, um congresso para a reunificação dos militantes desavindos e eleição do novo presidente com a direcção de uma cúpula do partido. Para piorar o seu currículum, os seus companheiros de partido socorrem-se ao Tribunal Constitucional para ajudar a FNLA a entrar nos eixos e Lucas Ngonda não fazer a farra com o dinheiro do partido que recebe do erário público, uma verba pela representação na Assembleia Nacional.

*******************

Sílvia Lutucuta

COVID 19

No princípio, Sílvia Lutucuta, nomeada Ministra da Saúde quase ninguém não a conhecia mas a pandemia do Covid 19 alastrou-se por Angola a todo mundo e Sílvia Lutucuta despertou o seu profissionalismo, entrega e ética para a sociedade que rotulou-a para o bem ou mal no conjunto de Ministros da Saúde no nosso País.

*******************

Amélia Varela

SIAC

Nomeada pela Ministra da Administração Publica Trabalho e Segurança Social, a jurista Amélia Varela é a nova directora do SIAC, (Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão). Substitui no cargo Anselmo Monteiro que passará a dirigir o INSS na remodelação ministerial. Conhecedora do metiê, acreditamos que Amélia Varela imprimirá a dinâmica que se augura no SIAC, com o objectivo de servir melhor o cidadão. Amélia Varela foi directora jurídica do Ministério da Geologia e Minas e Comissária da CNE, Comissão Nacional Eleitoral.

*******************

Josefa Sako

DINAMISMO

Josefa Sako é diplomata internacional assumindo o cargo, na União Africana, de Secretaria da Agricultura. Dirigiu, em Abidjan (Cote d’Ivoire) o Instituto Africano do Café e catapultou para a diplomacia angolana com referências bastante porque passou em África e no mundo. Conversadora quanto basta, Josefa Sako tem predicados valorados na União Africana que atestam como é porquê que o Presidente João Lourenço indicou-lhe aos chefes de Estados para aceitarem a sua nomeação de Secretaria da Agricultura da UA.

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital