FIGURAS DE CÁ

 
30 de julho 2018 - às 11:21

Figuras de Cá - Edição nº 193

 

JOHN BELLA

GALARDOADO

Em Setembro, John Bella irá para o Brasil, não apenas  para discorrer, uma vez mais, sobre a sua trajectória , em particular, ou da literatura angolana, em geral. Desta vez, o escritor será especialmente  agraciado pela Federação Brasileira dos Académicos das Ciências, Letras e Artes (FEBACLA) com o Prémio Caneta de Ouro 2017, Comenda Benfeitor Cultural da Humanidade e o título de Filósofo Honório pelo contributo às artes angolanas.  De acordo com o “J.A.”, o Prémio Caneta de Ouro 2017 da FEBACLA é atribuído a John Bella por ser considerado um escritor de grande expressão literária no Brasil. Já o título de Filósofo Honório é atribuído pelo presidente da FEBACLA, Príncipe Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho, no uso das suas atribuições regimentais e estatutárias, enquanto que  a Comenda Benfeitor Cultural da Humanidade é outorgada a John Bella em reconhecimento aos seus actos meritórios, culturais, científicos e sociais.

-------------------------------------------

DOG MURRAS

SAUDADES

Para muitos, Dog Murras, provavelmente terá sido num dado momento da sua brilhante carreira, um dos maiores embaixadores do kuduro. Levou este vibrante estilo musical angolano a vários pontos do globo. Dog Murras continuou a levar as cores da bandeira nacional, de repente, tornou-se raro vermos este "gigante" a fazer ouvir a sua voz nos mais importantes festivais organizados em Angola, fazendo com que os seus milhares de fãs sintam imensas saudades de si, exactamente numa altura em que, em certa medida, o kuduro nalguns casos tem sido assaltado pela  mediocridade de muitas letras compostas por alguns paraquedistas.

-------------------------------------------

LOURDES VAN-DÚNEM

SEMPRE RAINHA

“Abram alas à Rainha da Música Angolana”, “Lourdes Van-Dúnem, Simplesmente Espectacular”, “Lourdes Van-Dúnem Brilhou”-  foi assim dezenas, centenas, milhares de vezes que a imprensa nacional e internacional apresentou aquela que, de facto, foi uma das vozes angolanas  mais ouvidas nos quatro cantos do globo. Ela não se apagou e felizmente  as suas obras continuam a ser consumidas e estudadas, tal é a sua  importância no desenvolvimento da música angolana através de variados estilos, entre os quais o Semba que a elevou a patamares mais altos ao lado de Miriam Makeba, Cesária Évora ou Margareth Singana.

-------------------------------------------

DANIEL NDUNGUIDI

ESQUECIDO?

Poucas ou mesmo raríssimas são as homenagens feitas aos nossos futebolistas, especialmente àqueles que, em plena carreira, eram considerados verdadeiros craques, dignos de figurarem na galeria  dos maiores talentos de sempre, mesmo à escala mundial. Daniel NDunguidi é um destes “heróis” do nosso tempo esquecido,  quase que completamente afastado das páginas e rubricas especiais de rádio e Tv, onde já fez imensas manchetes. Hoje, nem tanto assim. A “Estrela Negra” do futebol angolano teve uma carreira como jogador e treinador brilhante. Por onde andará  aquele que é considerado o “melhor  futebolista angolano de todos os tempos” que evoluiu em clubes nacionais? Fica aqui o compromisso de trazê-lo para as nossas páginas, no sentido de recordarmos, de sua voz e justiça, a sua bela história.

-------------------------------------------

EXALGINA GAMBOA

JUIZ-PRESIDENTE

Exalgina Gamboa,  sob proposta  do Conselho Superior da Magistratura Judicial, acaba de ser nomeada para o cargo de Juíza Conselheira Presidente do Tribunal de Contas, pelo Presidente da República, João Lourenço. Exalgina Gamboa, 59 anos de idade, que foi secretária de Estado das Relações Exteriores e deputada à Assembleia Nacional, vai cumprir mais um desafio na esfera pública, numa altura em que se exige do Sistema Judicial uma intervenção a todos os títulos irrepreensível, por forma a tornar mais eficaz o combate à corrupção e à impunidade em todo o país. Para já, a Presidente  do Tribunal de Contas exige o apoio de  todos os quadros, mas garante que muitas peças de xadrez terão de ser mudadas neste desafio...

-------------------------------------------

ELIAS DYA KIMUEZO

SALVÉ, REI ELIAS! 

Elias Dya Kimuezo casou com  a sua eterna “rainha” Suzana Cadete Francisco, na Igreja de Jesus,  em Luanda. O Rei da música popular angolana levou a sua amada para o casamento religioso em Junho, após  contrair matrimónio de registo civil, em 1971. A cerimónia foi muito intensa, carregada de um simbolismo importante, já que Elias Dya Kimuezo deixa também como legado uma longa convivência em comum com a senhora Suzana Cadete Francisco, nos bons e nos maus momentos. “Parabéns, Kota Elias, Nosso Rei!”- ouviu-se milhentas vezes dos  familiares e convidados da boda.   

-------------------------------------------

ALCIDES SAKALA

DESPARTIDARIZAÇÃO DAS FAA

O papel das Forças Armadas Angolanas no quadro da conquista da paz  e a consolidação da unidade nacional foi realçado pelo político angolano, Alcides Sakala, que elogia a preservação destes ideiais pelo  exército criado no quadro da implementação dos Acordos de Bicesse, rubricados em  Maio  de 1991. Sakala, historiador, deseja que as chefias militares devem continuar a actuar de forma "despartidarizada" e conscientes da importância  do papel do exército único na materialização dos objectivos que nortearam a criação das FAA, que são o garante da paz  e a unidade entre os angolanos. 

-------------------------------------------

JOSÉ LUÍS MENDONÇA

"ADEUS" U.E.A.

O jornalista e escritor José Luis Mendonça zangou-se com a direcção da União dos Escritores Angolanos (UEA) e o motivo é muito sério. Depois da morte de um funcionário da instituição no interior de uma esquadra policial, em Luanda, o escritor propôs  que se realizasse uma assembleia geral extraordinária de membros, a fim de se lançar uma moção de repúdio pela morte. A carta teve apenas 11  assinaturas à favor do mínimo de 15 estatutariamente exigível. Daí, JLM não teve dúvidas: desfiliou-se da UEA, mas não se sabe ao certo quando  poderá reintegrar-se, já com uma possível nova direcção...

-------------------------------------------

EVA RAP DIVA

RÉPLICA INTELIGENTE

Naice Zulu, cantor conhecido pelas suas polémicas muito incisivas, contra muitos dos seus colegas de profissão, desta vez e para não variar, lançou um ataque pessoal deveras desrespeitoso à sua colega de profissão, Rap Diva.A recentemente premiada no Angola Music Award, respondeu à  provocação; pelas reacções dos seus numerosos fãs, ela foi comedida e mais inteligente que o antagonista. A verdade é que,com esta onda de polémicas atrás de polémicas, Naice Zulu tem chamado a si bastante atenção e seguidores, nomeadamente nas redes sociais, ainda que pelos piores motivos. Muito longe dos palcos, o jovem tem feito enormes estardalhaços, mas, com o talento que tem,  devia ser capaz de brilhar mais e assim posicionar-se ainda melhor no grupo restrito dos maiores rappers do país e mesmo do continente.  

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital