MUNDO

 
3 de abril 2018 - às 07:49

DO PRODUTOR HARVEY WEINSTEIN, DE HOLLYWOOD - LUPITA NYONG'O TAMBÉM FOI VÍTIMA DE ASSÉDIO SEXUAL

"Um intermediário apresentou-o como o produtor mais poderoso de Hollywood", referiu. "Como uma aspirante a actriz, estava ansiosa por conhecer pessoas da indústria, mas quem mo apresentou alertou-me para ter cuidado com ele. Pouco depois de me encontrar em Berlim, Harvey escreveu-me a convidar-me para a exibição de um filme. Ele disse-me que o veríamos na sua casa em Westport, juntamente com a sua família", contou.

 

Depois de várias celebridades de Hollywood terem acusado Harvey Weinstein de assédio e abusos, chegou a vez de Lupyta Neyong'o. A vencedora de um Óscar pelo filme 12 Anos Escravo fez a revelação ao jornal The New York Times. Tudo terá acontecido em vários encontros entre o produtor e a actriz.

Lupita começou por contar que os dois se conheceram em 2011, no Festival de Cinema de Berlim, quando esta ainda era estudante de artes dramáticas. Depois dessa ocasião, Weinstein terá convidado a actriz para ir ver um filme à sua casa, em Westport, Connecticut, nos Estados Unidos.

"Um intermediário apresentou-o como o produtor mais poderoso de Hollywood", referiu. "Como uma aspirante a actriz, estava ansiosa por conhecer pessoas da indústria, mas quem mo apresentou alertou-me para ter cuidado com ele. Pouco depois de me encontrar em Berlim, Harvey escreveu-me a convidar-me para a exibição de um filme. Ele disse-me que o veríamos na sua casa em Westport, juntamente com a sua família", contou.

Lupita aceitou o convite do produtor e foi aí que os episódios de assédio terão começado."Chegámos a casa depois do almoço e conheci os seus filhos. Ele levou-me a fazer um breve passeio pela casa antes de nos reunirmos na sala de cinema para assistir ao filme", começou por contar. Alguns minutos depois do filme ter começado, o produtor terá pedido à atriz para saírem da sala. "Eu protestei porque queria terminar de ver o filme, mas ele insistiu para eu ir com ele, falando como se eu fosse uma criança. Eu não queria discussões em frente aos seus filhos e então saímos". Já no quarto, Weinstein terá pedido à actriz para lhe fazer uma massagem. "Ao início pensei que estava a brincar. Senti-me insegura. Entrei em pânico durante algum tempo e pensei rapidamente em oferecer-me para lhe fazer a massagem e assim assumir o controlo para ganhar tempo e fugir...Ele deitou-se na cama e queria tirar as calças e eu disse-lhe para não fazer isso...Ele levantou-se e eu fui andando para a porta, ao mesmo tempo que dizia que não me sentia confortável com a situação", concluiu Lupita.

Já numa outra ocasião, desta vez num jantar em Nova Iorque, o produtor terá feito propostas de cariz sexual à actriz. "Se eu quisesse ser uma atriz, tinha que estar disposta a fazer esse tipo de coisas", rematou.

Lupita contou ainda ter negado convites para participar em produções dirigidas pelo produtor e revelou porque é que não denunciou Weinstein mais cedo. "Eu tinha guardado na minha mente a minha experiência com Harvey , juntando-me à conspiração de silêncio que permitiu que esse predador vagueasse por tantos anos. Senti-me muito sozinha quando essas coisas aconteceram e culpei-me muito por isso, bem como as outras mulheres que partilharam as suas histórias", referiu.

A actriz de 34 anos junta-se a nomes como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Cara Delevingne e Kate Beckinsale que também já revelaram situações de abuso e assédio por parte de Harvey Weinstein. In “ Caras” 

 

HARVEY WEINSTEIN, O ACUSADO 

TRATAMENTO DECORRE EM RESORT DE LUXO

São vários os casos de assédio de sexual que têm sido publicados (…) e que envolvem o nome de Harvey Weinstein. O produtor, de 65 anos, já tinha comunicado este mês que estava a ser ajudado, depois de uma série de acusações de assédio a mais de 40 mulheres, nas últimas três décadas.

No entanto, o tratamento não está a correr como o esperado. Segundo uma fonte, revelou à revista People, Weinstein está a fazer as sessões de terapia num resort de luxo e não numa clínica de reabilitação.

De acordo, com a mesma fonte, o produtor acha mesmo que não precisa de ajuda. "Ele não ouve ninguém. Ele concordou com o tratamento, mas não pensa que precisa de reabilitação”, referiu.

No entanto uma outra fonte, também em entrevista à revista People, garantiu que o produtor está determinado em concluir o tratamento. "Ele sabe que precisa de ajuda e quer ser ajudado....Ele está a levar a terapia muito a sério e a lidar com tudo de cabeça erguida.. Está a planear fazer um tratamento de pelo menos 21 dias", revelou.

 

BRAD PITT NOUTRO ROMANCE”

NOVAMENTE APAIXONADO…

A imprensa internacional avança que Brad Pitt namora com Ella Purnell, uma inglesa 32 anos mais nova. De 53 anos, o actor está novamente apaixonado e terá começado a namorar com Ella Purnell, uma actriz inglesa de 21 anos. 

Para além de chamarem a atenção os 32 anos de diferença entre os dois, existe outro factor curioso. Ella já encarnou, no filme Maléfica, a versão mais jovem de Angelina Jolie, com quem Pitt manteve uma relação de 12 anos, dois dos quais casados.

Segundo o Daily Mirror e a revista InTouch, os dois actores já não escondem a cumplicidade, depois de se terem conhecido em 2016, quando Purnell estava a gravar o filme A Casa da Senhora Peregrine Para Crianças Peculiares. 

Uma fonte contou ainda que o actor está tão apaixonado que até já convidou para integrar a nova série que ele está a produzir ."O Brad pensou logo nela para o papel principal, mas teve que se esforçar para convencer toda a gente. Claro que  Ella está a adorar a atenção. Contou que o Brad sempre foi a sua paixão na adolescência", garante uma fonte à revista InTouch.

A confirmar-se o namoro, esta será a primeira relação de Brad Pitt após o divórcio com Angelina Jolie. Recorde-se que o ex-casal tem seis filhos: Maddox, com 16 anos, Pax, de 13, Zahara, de 12, Shiloh, de 11 anos, e os gémeos Vivienne e Knox, de nove. 

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital