POLÍTICA

 
2 de setembro 2016 - às 06:49

COM A ASSINATURA DO LÍDER, MOÇÃO DE ESTRATÉGIA APROVADA

Durante o VII Congresso do MPLA foi aprovada a Moção de Estratégia do seu líder que , segundo José Eduardo dos Santos, “visa satisfazer as aspirações dos angolanos”, uma vez que  contém as principais orientações que determinarão a actividade do partido governante nos próximos cinco anos

 

A moção estratégica de Dos Santos tem dez tópicos, nomeadamente; I) Consolidar a Paz, reforçar a Democracia e preservar a Unidade e a Coesão Nacional; II) Promover o desenvolvimento de uma Sociedade Civil participativa e responsável e assegurar a inclusão política de todos os cidadãos, sem discriminações; III) Edificar um Estado Democrático e de Direito, forte, moderno, coordenador e regulador da vida económica e social; IV) Promover o desenvolvimento sustentável, assegurando a inclusão económica e social, a estabilidade macroeconómica e a diversificação da economia nacional, reduzindo as desigualdades; V) Estimular a transformação da economia, o desenvolvimento do sector privado e a  competitividade; VI) Promover o desenvolvimento humano e a qualidade de vida dos Angolanos com a erradicação da fome e da pobreza;

VII) Incentivar a criação de emprego remunerador e produtivo, elevando a qualificação e a produtividade; VIII) Garantir o desenvolvimento harmonioso do território, promovendo a descentralização e a municipalização; IX) Garantir o fortalecimento e modernização do Sistema de Defesa e Segurança Nacional;e X) Promover o reforço do papel de Angola no contexto internacional e regional.

Tal moção foi  aprovada por unanimidade pelos dois mil 530 delegados ao Congresso  que elegeu o seu Comité Central e Bureau Político com 47 integrantes, sob proposta do presidente do MPLA, com 351 votos a favor, 3 contra e uma abstenção. João Lourenço é o novo vice-presidente do partido e Paulo Cassoma Secretário Geral do partido, substituindo, respectivamente, Roberto de Almeida e Dino Matross. 

 

MEMBROS DO BUREAU POLÍTICO DO MPLA 

Integram o Bureau Político do MPLA,o Presidente do partido , José Eduardo dos Santos e 46 membros, saídos de uma votação   do Comité Central,   com 351 votos a favor, 3 contra e 1 abstenção, correspondendo à 98,9%, designadamente:

1. Aldina Matilde Barros da Lomba

2. Álvaro Manuel de Boavida Neto

3. Amélia Calumbo Quintas

4. Ana Paula Inês Luís Ndala Fernando

5. António dos Santos França “Ndalu”

6. António Paulo Kassoma

7. António Pitra da Costa Neto

8. Augusto da Silva Tomás

9. Bento Joaquim Sebastião F. Bento “Bento Bento”

10. Bornito de Sousa Baltazar Diogo

11. Cândida Celeste da Silva

12. Cândida Maria Guilherme Narciso

13. Carlos Alberto Ferreira Pinto

14. Carlos Maria da Silva Feijó

15. Carolina Cerqueira

16. Dulce Ginga

17. Ernesto Muangala

18. Fernando da Piedade Dias dos Santos

19. Fernando Faustino Muteka

20. Francisco Higino Lopes Carneiro

21. Francisco Magalhães Paiva “Nvunda”

22. Isaac Francisco Maria dos Anjos

23. Joana Lina Ramos Baptista Cândido

24. João Baptista Kussumua

25. João Bernardo de Miranda

26. João de Almeida Martins

27. João Ernesto dos Santos “Liberdade”

28. João Manuel Gonçalves Lourenço

29. João Marcelino Tyipinge

30. Jorge Inocêncio Dombolo

31. José Joana André “Joanes”

32. Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”

33. Kundi Paihama

34. Luísa Pedro Francisco Damião

35. Luzia Pereira de Sousa Inglês Van-Dúnem

36. Manuel Domingos Vicente

37. Manuel José Nunes Júnior

38. Mário António de Sequeira e Carvalho

39. Norberto Fernandes dos Santos “Kuata Kanawa”

40. Paulo Pombolo

41. Pedro Mutinde

42. Pedro Sebastião

43. Roberto António Victor Francisco de Almeida

44. Rui Luís Falcão Pinto de Andrade

45. Sérgio Luther Rescova Joaquim

46. Virgílio de Fontes Pereira

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital