VIDA SOCIAL

 
31 de maio 2014 - às 16:20

AS 7 MARAVILHAS NATURAIS DE ANGOLA

 

As 7 Maravilhas Naturais de Angola foram dadas a conhecer no início de Maio, em conferência de imprensa. Por duas vezes a organização adiou o evento público programado devido a chuvas torrencial que se abateu por Luanda. As 7 eleitas foram as mais votadas entre as 27 finalistas e são apresentadas por ordem alfabética. É o fruto de um trabalho de mais de 10 meses de divulgação e intensa participação pública.

As 7 Maravilhas Naturais de Angola são: Fenda da Tundavala, na Huíla; Floresta do Maiombe, em Cabinda; Grutas do Nzenzo, no Uíge; Lagoa Carumbo, na Lunda Norte; Morro do Môco, no Huambo; Quedas de Kalandula, em Malanje; e Quedas do Rio Chiumbe, na Lunda Sul. Elas foram as 7 finalistas mais votadas ao longo de 10 meses de votação pública.

Desde Julho de 2013 que a população votou por SMS. As vencedoras foram apuradas pelo maior número de votos, independentemente da categoria. O processo de votação pública foi auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

O projecto arrancou em Junho de 2013 e contou com mais de 10 meses de divulgação para a preservação do património natural angolano. Desde o início de Setembro de 2013 que começaram a ser emitidas 27 curtas-metragens de cerca de 15 minutos, com        imagens inéditas de todo o território angolano, com captação de imagens aéreas de todas as 27 finalistas a concurso.

Estas curtas-metragens correram o país e o mundo através da TPA1, TPA2, TPA Internacional, RTP Internacional, SIC Internacional e TVI Internacional. Foi um trabalho pioneiro e inédito em Angola, com a criação de um arquivo de imagens únicas.

Entre Novembro de 2013 e Abril de 2014 foi realizado um roadshow pelas 18 Províncias, uma iniciativa que consistiu na realização de programas de televisão em directo durante quatro horas sobre as finalistas a concurso, a cultura e a tradição de cada zona do país.

Este projecto inseriu-se no programa institucional do Executivo denominado AMO ANGOLA, como forma de promoção do património natural angolano e de reforçar o conhecimento que a população tem do seu próprio País

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital