RECADO SOCIAL

 
22 de junho 2018 - às 07:18

ANGOLA MUSIC AWARDS 2018: OS MELHORES DA MÚSICA ANGOLANA PREMIADOS EM NOITE DE GALA

 

Com objectivo de promover a cultura musical nacional, através da premiação anual dos trabalhos dos melhores e mais populares artistas e criadores da música angolana em 2017, o Pavilhão Multiusos do Kilamba albergou em Maio,  a 6ª edição da gala “Angola Music Awards 2018”, em Luanda. 

O espectáculo que começou ao som de Livongue e Kelly Silva, homenageou o músico Carlos Lamartine pelo seu grande contributo à música angolana em mais de 60 anos de carreira.

Com expectativas superadas, Daniel Mendes, fundador e CEO dos AMAs, alertou sobre a necessidade da harmonia entre os artistas angolanos. “A união é o factor principal para o crescimento da música de um país. Se nós olharmos para os músicos cabo-verdianos como exemplo, nós também chegaremos onde muitos estão”, aconselhou.

O empresário Daniel Mendes realçou que os artistas de Cabo Verde são unidos e ajudam-se uns aos outros.

Num evento polémico no que diz respeito as indumentárias, a noite das emoções e surpresas contou com a presença de várias personalidades do showbiz nacional, em vários sectores da cultura, da moda, desporto e da política.  

 

OS VENCEDORES DO ANGOLA MUSIC AWARDS 2018

Awards 2018. Música Mais Popular: Uh Lá Lá (Mobbers)

Melhor Afro-House: Waatão (Puto Prata)

Melhor Álbum: Igual Ao Prazer (Kyaku Kyadaff)

Melhor Artista Digital: Preto Show

Melhor Artista Em Palco: Noite e Dia

Melhor Artista Feminina: Eva RapDiva

Melhor Artista Masculino: Kyaku Kyadaff

Melhor Artista Revelação: Scro Que Cuia

Melhor Colaboração: Cláudio Fénix feat. Lil Saint (Volta Só)

Melhor Ghetto Zouk: Saia Dela (Filho do Zua)

Melhor Gospel: Deus Me Consola (Miguel Buila)

Melhor Grupo: Mobbers

Melhor Kizomba: Kaputo (Filho do Zua)

Melhor Kuduro: Abre O Livro (Noite e Dia)

Melhor Música Tradicional: Mutudi (Gisela Silva)

Melhor Produção Musical: Saia Dela (Teo No Beat)

Melhor R&B/Soul: Para Vencer (Rui Orlando)

Melhor Rap/Hip-Hop: Um Assobio Meu (Eva RapDiva)

Melhor Rock: Amanhecer (M’Vula & Kulas)

Melhor Semba: Novinha ( DJ Dias Rodrigues e Eddy Tussa)

Melhor Video Clip: África Unite (N’Soki)

Melhor World Music: Dona da Favela (DJ Nelasta e Duc&Nikko)

Melhor Artista da Internet: Da Beleza

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital