Sociedade

 
24/04/2015 13:21:43

CABO VERDE MEGA-BURLA E CASOS DE CORRUPÇÃO NA VENDA DE TERRENOS

Está quase incontornável a venda desenfreada de solos em Cabo Verde. É que, a par de um Estado com um reduzido território de 4033 km2, têm surgido vários casos de apropriação indevida de terrenos públicos (destaca-se os 64 hectares da Baía da Fateixa), mega-burla (falsificação da Matriz Predial do Concelho da Praia) e corrupção comprovada através de Tribunais (Câmaras de S.Vicente e Maio). Os praticantes de tais actos são sobretudo autarcas, técnicos municipais, empresários e cidadãos em geral. Na tentativa de melhor fiscalizar esse processo, o Governo acaba de criar alguns organismos centrais de seguimento e controlo do sector Instituto Nacional de Gestão de Solos e Janela Única de Investimento

24/04/2015 13:20:43

ANGOLA: A EFICIÊNCIA QUE SE IMPÕE NA DISTRIBUIÇÃO DE TERRAS

Os grandes movimentos migratórios intra-territoriais davam-se sobretudo do campo para a cidade. Hoje, esta tendência inverte-se por três factores: 1º-Os avanços tecnológicos; 2º- A incapacidade das grandes cidades em realizar o sonho do cidadão que era procurar uma vida melhor e maior conforto; 3º-  A cedência de espaços para  auto-construção e agricultura de subsistência

24/04/2015 13:19:09

ENGº FERNANDO PACHECO A PROBLEMÁTICA DA TERRA NUNCA FOI PACÍFICA

Afinal, a problemática de terras,- mormente a atribuição de terras para o negócio imobiliário e muito pouco para o negocio agro-pecuário é uma questão hoje em evidencia nos diferentes países que integram os Palops- países africanos de língua oficial portuguesa (Angola, Cabo Verde, Guine Bissau, S.Tomé e Príncipe e Moçambique). Em todos esses países que conquistaram as suas independências em 1975, os dirigentes que assumiram o poder rapidamente esqueceram o que prometiam de um melhor aproveitamento da terra em beneficio dos seus países e povos, substituíram em alguns deles a antiga potência colonizadora e tornaram-se autênticos exploradores da terra criando-se situações perigosas que, se nao acauteladas,podem gerar conflitos que perigarão a unidade dos respectivos países.Nesta edição publicamos hoje uma pequena entrevista com o Engenheiro Fernando Pacheco, de Angola e abordagens sobre realidades actuais em S.Tome e Cabo-Verde. É um tema que pela sua importancia nao se esgota nesta edicao pelo que prometemos novas abordagens

24/04/2015 13:15:48

UNIVERSIDADE–EMPRESA DIÁLOGO PRECISA-SE!

O diálogo Universidade-Empresa continua a ser um tema importante, quando se pensa nas diferentes dimensões em que, tanto as Instituições de Ensino Superior (IES) como as Empresas, devem desenvolver a sua acção, indo além do ensino, no caso das IES, e do “negócio”, quando falamos das empresas

28/02/2015 20:43:22

INOVAÇÃO EM ÉPOCA DE CRISE

Diz-se que uma cabeça pensa bem, mas duas podem pensar melhor. Estamos aqui, porque acho que todos os angolanos devem enfrentar a situação juntos e tenho a certeza que vamos ultrapassá-la com êxito!

28/02/2015 20:36:55

A COMUNICAÇÃO COMO FACTOR ESTRATÉGICO NO DESENVOLVIMENTO LOCAL: O EXEMPLO DO TURISMO RURAL

Entre as experiências alternativas ao modelo de crescimento económico quantitativo que agravou os problemas sociais nas décadas passadas surge o desenvolvimento local. Tal concepção defende a organização de grupos de pessoas trabalhando para se desenvolverem a partir dos recursos e possibilidades da sua própria região

28/02/2015 20:33:52

JORNALISMO O ONLINE JÁ SUPLANTA O CONTEMPORÂNEO?

Século do conhecimento, da evolução de todos os meios, era digital ou do ciberespaço, ou que outro nome lhe quisermos chamar, o século vinte e um, vai sendo marcado por revolucionário em todas as áreas da nossa vida. Os meios de comunicação, que têm mostrado não ficar de fora desta revolução, trazem-nos ainda muitas dúvidas, uma destas é nas empresas de comunicação social em si, e especialmente as áreas de informação

20/12/2014 19:12:51

PESQUISA REVELA: A MAIORIA DOS UNIVERSITÁRIOS NÃO CONCORDA COM OS PREÇOS DAS PROPINAS

Pesquisa realizada pelo IPOP em Luanda, no mês de Outubro de 2014, revela que 69% dos que frequentam universidades ou concluíram nos últimos dois anos, não concordam com os preços das propinas cobrados pelas universidades privadas.

No ranking das instituições de ensino superior que oferecem as melhores condições de ensino destacam-se em primeiro lugar, a Universidade Católica de Angola que teve 50% das indicações seguido da Universidade Metodista e Lusíadas, com 35% e 31% respectivamente

20/12/2014 19:10:28

TAX FREE – VANTAGEM OU CONSTRANGIMENTO? FILAS NO AEROPORTO SÃO DAS MAIS LONGAS

Quem viaja com frequência apercebe-se, com alguma facilidade de que, existe um serviço denominado TAX FREE que, não só se encontra nos aeroportos mas também em grande parte das lojas de comércio e venda de produtos

24/10/2014 13:40:28

ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO EDUCAÇÃO OU DISCIPLINA?

Na realidade,  a cidade de Luanda está a crescer muito rápido e os seus problemas são cada vez maiores e mais complexos!
Presidente José Eduardo dos Santos

24/10/2014 13:25:19

BAIRROS DOMINADOS PELO CRIME

Já maginou o que é viver num bairro sem iluminação pública, em que durante a noite as ruas são tomadas pelo breu? Acrescente a este cenário meliantes armados que esperam as vítimas em qualquer esquina. É esta a realidade de muitos habitantes de Luanda, que residem em bairros onde quem dita as regras são os criminosos

25/09/2014 16:42:47

QUALIDADE DE VIDA: O QUE É?

25/09/2014 16:17:48

GRAVIDEZ E DROGAS MALEFÍCIOS PARA A SAÚDE DA MULHER

Rodas de semba, quintais badalados durante a semana inteira, conversa muito apetitosa, mistura de gente de todos os extratos da sociedade, incluindo a presença de grávidas e de crianças, uso e abuso de bebidas alcoólicas e de cigarro... Ahhh, como é gostoso ser angolano 

29/08/2014 15:36:57

MULHER ANGOLANA PRESENÇA INDISPENSÁVEL

…Nos momentos mais conturbados, elas participavam de forma activa e directa em todas as frentes, onde a sua presença foi exigida e se tornou indispensável

            José Eduardo dos Santos

29/08/2014 15:34:36

A CHAVE DO PLANO NACIONAL DE QUALIFICAÇÃO DE QUADROS

As preocupações sobre que qualificações e que competências formar para além da generalização e da elevação da escolaridade são hoje evidentes e respondem, de certo modo, à constatação de que as economias mais avançadas ou as que efectivamente, nos últimos anos, se posicionaram na esfera internacional de modo altamente competitivo (como são exemplos, a nível europeu, a Irlanda ou a Finlândia) terão feito sérios e certeiros investimentos em educação e formação e em estreita articulação com as suas políticas industriais e de inovação.

1 2 3 4 5 6

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital