Política

 
7/26/2021 9:55:57 AM

DISPUTA RENHIDA NA A.N., UNITA ABSTEVE-SE, NENHUM VOTO"CONTRA"

Ficou claro na alteração parcial da constituição ora aprovada que, sim, está assegurado o direito ao voto aos cidadãos angolanos residentes na diáspora; um direito que, aliás, já tinha sido consagrado na Constituição de 1991, mas que mais tarde foi retirado.

11/26/2019 9:02:11 AM

TRIGÉSIMA NONA CIMEIRA DOS CHEFES DE ESTADO DA SADC COOPERAÇÃO ECONÓMICA E JUDICIAL FOI PRIORIZADA

O Presidente da República, João Lourenço, assinou  em Dar-es-Salaam, com os seus homólogos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) vários acordos de cooperação, entre os quais os ligados a área judicial e sobre o sector da indústria, no final da 39ªCimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da organização, que decorreu na Tanzânia

11/26/2019 8:59:30 AM

SALAZAR ENCARCERAVA ASSIM... "TARRAFAL": O CAMPO DA MORTE LENTA

A Colónia Penal do Tarrafal foi criada pelo Governo português do Estado Novo, corria oano de 1936. Fica situada no extremo norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde, num lugar ironicamente chamado de Chão Bom. O complexo prisional terá sido inspirado nos campos de concentração nazis, tendo como objectivo não declarado a eliminação dos opositores políticos ao regime fascista de Portugal.As condições de encarceramento eram deploráveis, com os presos a serem sujeitos a uma alimentação muito deficitária e à execução de trabalhos forçados; além da ausência quase total de medicamentos

11/26/2019 8:58:23 AM

LUANDA ACOLHEU CIMEIRA QUADRIPARTIDA DOS GRANDES LAGOS JOÃO LOURENÇO JUNTA MUSEVENI E KAGAME

O Presidente da República de Angola, anfitrião da Cimeira que reuniu à mesma mesa os Chefes de Estado do Uganda, Rwanda, República Democrática do Congo e que culminou com a assinatura do “Memorandum de Entendimento de Luanda”, considerou que o mérito da conquista é de  Yoweri Musseveni e Paul Kagame, a quem felicitou pelo "grande dia" que " encheu de orgulho e de alegria" os povos dos dois países, em particular, e da região dos Grandes Lagos e da África em geral

8/23/2019 9:35:43 AM

O PASSADO DA UNITA NA VOZ DO GENERAL N'ZAU PUNA

EX- SECRETÁRIO GERAL DA UNITA, HOJE DEPUTADO E DIPLOMATA O PASSADO DA UNITA NA VOZ DO GENERAL N'ZAU PUNA

O nacionalista angolano e actual deputado do MPLA, o partido no poder em Angola, N'zau Puna revelou que a "UNITA pediu apoio ao regime da África do Sul quando foi abandonada por todos os países”. Em entrevista exclusiva a DW África, em véspera do lançamento do seu livro ("Mal Me QUEREM"), em Portugal, também falou sobre corrupção, caso Cabinda, José Eduardo dos Santos e a governação de João Lourenço. Com a devida vênia, publicamos esta matéria  feita por Manuel Muamba

7/22/2019 7:38:49 AM

AOS NOVOS MEMBROS DO COMITÉ CENTRAL LÍDER DO MPLA APELA AO COMPROMISSO MORAL

O MPLA realizou recentemente um congresso extraordinário (o VII na sua história) e com ele foi cumprido o seu objectivo principal: alargar a composição do Comité Central,e, com algumas surpresas, fizeram-se eleger  134 membros que passam a engrossar um órgão agora composto por 497 membros. O Presidente do partido, João Lourenço,  deixou orientações claras , no sentido de se engajarem "no  combate à corrupção e à impunidade" e ao processo  de maior abertura democrática que se está a consolidar no país, onde os princípios como a  liberdade de imprensa, de pensamento, de expressão e de manifestação devem ser respeitados

6/25/2019 7:32:24 AM

À PROPÓSITO DA REVISÃO DO ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO 2019

O Presidente da República de Angola revelou que  a queda da cotação do petróleo ocorrida em Janeiro de 2019, para valores da ordem dos 59 dólares por barril, afastou muito o preço desta matéria-prima daquela que foi a estimativa de base para o Orçamento Geral do Estado de 2019, salientando, todavia, que   embora tenha havido nos últimos meses do ano em curso, uma certa recuperação do preço do petróleo no mercado internacional, "não há garantias de que o mesmo se mantenha neste patamar nos restantes meses do ano"

6/17/2019 2:36:48 PM

RELAÇÕES ANGOLA-RÚSSIA JOÃO LOURENÇO FOI À RÚSSIA E REGRESSOU MAIS SEGURO

Já se esperava que logo nos primeiros meses do seu mandato, João Lourenço visitasse oficialmente o país onde fez uma boa parte da sua formação e mais tarde assinou vários acordos de cooperação já na qualidade de ministro ou de quadro  dirigente do partido no poder.Também era mais do que evidente que sendo conhecedor de toda a história das relações multifacéticas existentes entre o seu país a  União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, fosse mais bem sucedido que qualquer um estadista africano nestes tempos novos. Num cantinho muito especial da sua memória de estórias e de História, claro que sempre esteve bem destacada a necessidade do reconhecimento do papel que esta Nação gigantesca desempenhou na luta pela independência dos povos, o apoio militar concedido por si para que, sobretudo, a integridade territorial de Angola e de outros países africanos fosse preservada e se fortalecessem ao longo de mais de quarenta anos as relações económico-comerciais

6/17/2019 2:35:20 PM

P.R. NO FÓRUM EMPRESARIAL RÚSSIA-ANGOLA "COOPERAÇÃO ECONÓMICA ESTÁ MUITO AQUÉM DO DESEJÁVEL"

O Presidente João Lourenço disse que  apesar de se registar um certo dinamismo ao longo dos anos, a cooperação económica entre Angola e a Rússia "ainda está muito aquém do desejável". "Se excluirmos os sectores petrolífero e diamantífero, o investimento directo russo em Angola é bastante incipiente, o que torna mais premente a necessidade de uma cooperação alargada a outros domínios", alertou o Chefe de Estado angolano ao discursar  no Fórum Empresarial Rússia-Angola, na presença de Dmitry Kobylkin, Ministro dos Recursos Naturais e Ecologia da Federação da Rússia, de Serguei Ivanov, Responsável do Conselho Empresarial Rússia-Angola, bem como de   empresários e investidores russos e angolanos

6/17/2019 2:34:30 PM

PRESIDENTE DA REPÚBLICA NA SEDE DO PARLAMENTO RUSSO

O Presidente da República de Angola considerou que  é nos momentos de crise que mais se reconhecem os verdadeiros amigos e aliados e é com eles que se deve privilegiar o diálogo e a cooperação na hora de resolver os problemas que se nos apresentam. João Lourenço, que esteve  em visita oficial na Rússia durante quatro dias, destacou que Angola pode orgulhar-se de ter merecido sempre o máximo apoio e solidariedade da parte da Federação da Rússia, desde os tempos mais difíceis da  luta de libertação nacional e de resistência contra as agressões externas, particularmente contra o exército invasor do regime do apartheid da África do Sul, até aos tempos mais recentes da Reconstrução Nacional

7/30/2018 11:26:23 AM

JOÃO LOURENÇO ACHA QUE É PRECISO REDEFINIR PRIORIDADES NA REGIÃO

O Presidente da República, João Lourenço, considerou que a região austral do continente  deve ser chamada a fazer uma introspecção sobre as razões reais que fazem com que a sua agenda de desenvolvimento e integração não caminhe no ritmo que todos  os estados-membros desejam, lembrando que só a região da SADC, contribui com 72% do grupo de metais de platina do mundo, 55% de diamantes, 41% de cromita, 26% de ouro e 21% de zinco

5/23/2018 8:43:19 AM

GENERAL NUNDA EXONERADO: “DISCIPLINA” É O NOVO C.E.M.G.F.A.

O general António Egídio de Sousa Santos é o novo Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), na sequência da exoneração do general Geraldo Sachipengo Nunda do cargo, por despacho assinado pelo Comandante –em Chefe das FAA, o Presidente da República João Lourenço

5/23/2018 8:39:26 AM

CIMEIRA DA SADC, EM LUANDA, DECIDE: MANDATO DA MISSÃO MILITAR NO LESHOTO CONTINUA

O mandato da missão de prevenção da  Comunidade de Desenvolvimento da África Austral  no  Leshoto foi alargado, segundo decisão  tomada no final da Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Dupla Troika da SADC, que, entre outros, passou em revista a situação política prevalecente naquele reino, na RDC e na República do Madagáscar

5/8/2018 11:17:00 AM

O REGRESSO DE MIALA ACENTUADO O ISOLAMENTO DE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS

A nomeação pelo Presidente João Lourenço do General Fernando Garcia Miala ex-director do Serviço de Inteligência Militar, Vice-Ministro do Interior e Director do Serviço de Inteligência Externa SIE) - para o cargo de director do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado foi recebida, ao nível do regime, como um factor adicional de pressão para a retirada política de José Eduardo dos Santos, actual presidente do MPLA, que afastou Fernando Garcia Miala em 2006, numa altura em que este era considerado em alguns meios de "intelligence" como a segunda figura mais relevante ao nível do regime (depois de José Eduardo dos Santos), e fê-lo de forma entendida como particularmente desprestigiante. Fernando Garcia Miala, agora promovido também à patente de general, tomou posse como Chefe do SINSE, em substituição do comissário Eduardo Octávio, depois de ouvido o Conselho de Segurança Nacional

5/8/2018 11:15:16 AM

JOÃO LOURENÇO RELEMBRA EM TODOS OS CENÁRIOS: O ALVO É... A CORRUPÇÃO!

Num seminário subordinado ao lema do combate contra a corrupção, o nepotismo, o branqueamento de capitais e outros males, João  Lourenço esclareceu aos militantes do partido no poder que no termo de uma discussão aberta e descomplexada, "houve um largo consenso sobre a correcta interpretação dos conceitos em causa que, aliás, são universais, pelo menos, nos chamados Estados democráticos e de direito como o nosso"

1 2 3 4 5

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital