Página Aberta

 
02/05/2016 07:08:40

EMANUEL NKRUMA PAIM: NO TEATRO AS VEZES FAZEM-SE OMOLETES SEM OVOS

“O teatro é a transformação de factos reais da nossa vida quotidiana para a interpretação, o oferecimento da Arte da vida a um público que espera pouco ou mais de nós; o actor é o diabo, que faz a transformação com a maior responsabilidade e humor que pode, e esta é uma fusão divina. O actor dá vida a um texto ou circunstância, e a magia do teatro, está em dar ao actor a possibilidade de viver uma outra vida. Na verdade o conceito da vida assimila-se ao teatro só que na vida não temos espaço para ensaiar, o que torna o teatro não apenas uma Arte completa mas acima de tudo perfeita!” Emanuel Nkruma Paim, x anos, Secretário Geral da Associação Angolana de Teatro e Coordenador do projecto artístico Resgarte.

Resgarte é um projecto de artes cénicas, que recorre a técnicas tradicionais e convencionais do teatro para oferecer-lhe nova dinâmica e qualidade artística, que abraçou o desafio lançado em 2014, pela Globe to Globe de mostrar, em dois anos, a peça de Shakespeare em todos os países do mundo para assinalar os seus 450 anos.

02/04/2016 16:52:01

Manuela Sande: A EDUCAÇÃO SOBRE A SAÚDE DEVE SER MACIÇA E CONSEQUENTE

Para falar de assuntos relacionados à Endocrinologia, especialmente o impacto da diabetes na população, obesidade e medicina preventiva, conversamos com a experiente médica da especialidade, Manuela Sande que chamou a atenção para a necessidade de um tratamento adequado aos pacientes bem como da pesquisa científica para dar outro impulso ao trabalho feito por especialistas angolanos. Para dar resposta aos desafios actuais, Manuela Sande falou-nos da criação em Angola das sociedades médicas de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo bem como a de Diabetes e Nutrição

28/02/2016 13:49:19

ARMANDO MACHADO: “FAF NÃO PODE MANDAR NOS JOGOS DE CLUBES”

O campeonato nacional de futebol da primeira divisão, vulgo Girabola, já está em curso na sua 37ª edição. Agora, denominado de Girabola ZAP, a prova está a ser disputada com algumas novidades, umas bem aplaudidas, como, finalmente a oportunidade das equipas participantes, ganharem dinheiro; outras,  porém, acesas em polémicas, caso do aumento de três para cinco estrangeiros em cada equipa e, ainda, a condição de um jogador só ser suspenso depois de três cartões amarelos em vez de dois como antes; o pagamento dos árbitros pela federação e não já pelos clubes. 

Armando Machado, figura que já dirigiu a Federação Angolana de Futebol, o Petro do Huambo e Petro de Luanda, concedeu à Figuras & Negócios, a entrevista que se segue, onde falou do campeonato, da sua gestão federativa e de outros assuntos que ora entravam  ora dão alegria ao futebol de clubes e de selecções que Angola tem , no país e no continente.

30/01/2016 16:15:16

PAUL KAGAME PRESIDENTE DO RUANDA “ESTOU DISPOSTO A FICAR”

Paul Kagame é o todo poderoso Presidente do Ruanda, o político que encontrou a varinha magica para a reconciliação do povo ruandes e, por isso mesmo, é grande a corrente que defende a sua permanência no poder. E tudo vai ser assim porque a Constituição foi "arranjada" para esse propósito, numa situação que irritou muitas vozes de fora do Ruanda, mormente do Ocidente e dos EUA.

Nessa entrevista a Baffour Ankomah, da revista NewAfrican, que pela sua oportunidade, nós a reproduzimos, Paul Kagame fala das suas razões.

23/12/2015 07:19:56

PSICÓLOGOS JOÃO PAULO GANGA E ENCARNAÇÃO PIMENTA “OS PROBLEMAS COMPLICADOS DE UMA SOCIEDADE DOENTE”

O ano está a terminar e, nesta altura repetimos as reportagens sobre o Natal e o final do ano. Muitas vezes esquecemo-nos que falar da harmonia destas datas, é hipocrisia, quando não pensamos nos maus momentos que fizeram parte do nosso ano e sobre os quais devemos reflectir como forma de preparar melhor o seguinte. 

Antes de atermo-nos pensarmos em comemorações e festejos, urge pensar no ano que se avizinha, pegarmo-nos numa grande reflexão sobre o ano que agora termina. E diga-se em abono da verdade,  2015 foi recheado de atropelos com vários fenómenos que surgiram na sociedade.

Ao longo do ano, falamos de problemas como a falta de energia eléctrica e água potável, corrupção, o acesso à educação e saúde, e embora se conheçam pulos significativos nestas áreas, é importante sabermos que antes de tudo, existem entre os jovens questões que precisam de ser vistas com olhos clínicos, como é o problema do respeito e Amor ao próximo. Problemas que têm sido deixados para trás mas que precisam de ser vistos como muito sérios.

A mentalidade jovem precisa de transformação de forma que ainda se consiga arranjar um porto seguro para onde se leve o barco que quase se afunda. Através de uma conversa com dois especialistas bem conhecidos da nossa praça social conheçamos um bocado mais a fundo os fenómenos com que a sociedade convive hoje, como forma de pensarmos cada um na mudança que só assim, caminharemos para o real resgate de valores que a sociedade angolana precisa. 

Uma conversa que sem ser propriamente uma entrevista, atrevi-me a chamar-lhe um “atiçar as feras” num debate animado com os psicólogos João Paulo Ganga e Maria da Encarnação Pimenta

26/11/2015 18:32:11

MARTINHO DA VILA, MÚSICO BRASILEIRO: SONHO FAZER UMA DIGRESSÃO MAIOR EM ANGOLA

Nesta entrevista, Martinho comenta a relação do samba com a língua portuguesa, o seu carinho pela lusofonia e o seu processo criativo de carpintaria literária

29/10/2015 18:24:23

AMARAL ALEIXO, ANTIGO FUTEBOLISTA “BONS GOLEADORES UNEM TALENTO E MUITO TRABALHO”

Amaral Aleixo, antigo goleador do futebol nacional, entrevistado pela Figuras & Negócios, fala do seu passado, dos craques do seu tempo  e do que pensa sobre o motivo de haver poucos golos actualmente nas competições nacionais.

E, sem rodeios, falou dos clubes, treinadores e dos jogadores que admira desde o tempo colonial aos dias de hoje, assim como teceu contribuições para os Palancas Negras serem cada vez mais fortes. Autoridade para tudo isso ele ostenta, sabendo-se que Amaral Aleixo tem  história no futebol nacional, onde deixou a sua marca. Além de campeão africano em júnior de basquetebol,  no futebol se impos.

Em 1991 militou no Sagrada Esperança da Lunda- Norte, dadas as características que reunia de goleador foi o melhor marcador do Girabola com 23 golos. No ano seguinte, já ao serviço do Petro de Luanda, repetiu o feito, com 20 golos, por isso - a par de Flávio Amado – é um dos que figura atrás do até agora imbatível Carlos Alves, que rubricou 29, pelo 1º de Agosto, em 1980. Atente-se pois à entrevista:

29/09/2015 10:45:52

QUINTINO MOREIRA: A NOSSA PAZ NÃO PODE SER ABALADA COM RADICALISMOS

“Criámos a APN (Aliança Patriótica Nacional) para agregar as pessoas que não se revêem na actual oposição inflamada e agressiva de Direita. mas também não simpatizam com o socialismo democrático do MPLA”.  

Quintino António Moreira é filho de um antigo combatente e veterano de guerra; é o cassula de 12 irmãos, nasceu a 15 de Agosto de 1968, no interior do País na aldeia de Kinzala, município de Dembos, província do Bengo. 

Fez o ensino primário na sua aldeia natal e o ensino secundário na missão Católica dos Dembos. É Licenciado em Direito na opção Jurídico-Política na Universidade “Jean Piajet”. É mestrando em governação e gestão pública na Faculdade de Direito  da Universidade “Agostinho Neto”.

Foi deputado à Assembleia Nacional e membro do Conselho de República na legislatura 2008-2012.Fundador e Presidente do Partido “Movimento Para Democracia de Angola-MPDA” teve a responsabilidade de formar a coligação de  alguns partidos, a denominada “Nova Democracia - União Eleitoral”.

Actualmente preside a força política emergente APN-Aliança Patriótica Nacional. Vamos ver o que acontece depois dele ter, do tipo “atrevido”, fundado a Aliança Patriótica Nacional, nesta entrevista feita por e-mail.

29/08/2015 08:59:42

LUZIA INGLÊS, SECRETÁRIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DA MULHER ANGOLANA: “SINTO QUE CUMPRI O MEU PAPEL”

Luzia Inglês, Secretária-Geral da Organização da Mulher Angolana (OMA) e nacionalista, realçou em entrevista à Revista Figuras & Negócios os ganhos para o país no pós-independência em era de paz bem como frisou a necessidade de continuidade do trabalho que até aqui foi feito, numa abordagem franca que inclui uma incursão pelos tempos de luta armada num cenário agreste em que os guerrilheiros eram movidos pela convicção e verdadeiro sentido de missão.

27/07/2015 10:18:15

MINISTRA DAS PESCAS, VICTÓRIA BARROS NETO A AQUICULTURA É ECONOMICAMENTE VIÁVEL EM ANGOLA

Os dados lançados sobre a produção pesqueira no nosso país configuram um quadro de esperança; ao que parece, depois desta tempestade difícil de ser contornada, a frota capitaneada pela Ministra das Pescas, Victória Barros Neto,  segere o seu rumo sem grandes sobressaltos para que, num futuro muito breve, atraque em bom porto. O objectivo é cumprir o  “Plano Nacional de Desenvolvimento da Pesca Artesanal Marítima e Continental” e o “Plano de Acção para o Desenvolvimento da Aquicultura”, cuja execução iniciou-se em 2014 e tem data marcada para ser cumprido em 2017.
A ministra está convencida de que a “armada” que orienta tem tudo para vencer as batalhas que surjam. Deseja continuar a contribuir para acabar ou diminuir significativamente a pobreza e abrir o leque de oportunidades de emprego no sector das pescas. Fala sobre os projectos do seu pelouro e, em qualquer um deles, refere o desenvolvimento da pesca industrial e artesanal de modo sustentável, bem como o fomento da aquicultura e a sua forte expansão no país. E foi especificamente sobre este subsector das Pescas que a ministra faz uma análise nestas páginas. A aquicultura avança a todo o vapor e com ela deixa-se para trás a fase complicada do arranque. Já é uma realidade palpável e, mais cedo do que tarde, poder-se-á contar com uma vertente de oportunidade de negócios interessantes porque tem um nome que a maior parte os angolanos gosta de ver à mesa com fartura: os cacussos ou mais cientificamente falando: as tilápias.

25/06/2015 09:35:47

MIGUEL TROVOADA: ESTÁ ULTRAPASSADA A FASE DE GOLPES DE ESTADO

O mote fundamental da mesa-redonda de Bruxelas era Terra Ranca, quer dizer que o país está a arrancar. Há esse sentimento. Se não houver fenómenos que perturbem a serenidade que se vive hoje, estou convencido de que estamos no bom caminho.

26/05/2015 14:17:13

José Zecamutchima: “Pela autonomia da Lunda vou até ao caixão”

José Mateus Zecamutchima é o Presidente do Movimento do protectorado Lunda Tchokwe que há sensivelmente 13 anos reivindica a autonomia administrativa e financeira das quatro províncias que integram o reino Lunda (Kuando Kubango, Moxico, Lunda Norte e Lunda Sul), ou seja 8 milhões de habitantes de acordo com dados do último Censo Nacional. Uma pretensão que Zecamutchima diz já ter feito chegar ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, mas sem resposta. Resposta negativa recebeu sim o do Parlamento Nacional, numa acção que Zecamutchima não concorda. Em Página Aberta, ele fala da implantação do Movimento nas províncias, dos vários casos que enfrenta na justiça e jura que levará até ao "caixão o desejo da autonomia da Lunda". Na véspera da entrevista, José Mateus Zecamutchima e sua delegação tinham sido recebidos pelo representante do Secretario Geral da ONU em Angola. Ingredientes suficientes para este processo ter pernas para andar?

24/04/2015 12:48:56

PATRICE TROVOADA, PRIMEIRO MINISTRO DE S.TOMÉ E PRÍNCIPE: -O MEU PAÍS TEM POTENCIALIDADES E FUTURO

Patrice Trovoada, 53 anos, é o actual Primeiro Ministro da República de S.Tomé e Príncipe. É a terceira  vez que ele ocupa esse cargo mas nunca cumpriu um mandato completo, sempre interrompido por problemas internos decorrentes das diversas leituras sobre a democracia no País. Hoje ele assume o mandato depois do seu Partido, ADI, ter conseguido  uma maioria absoluta nas eleições que fez dela a maior força política do arquipélago pelo que Patrice Trovoada  acredita que dessa vez é para valer e está aberto o caminho para, sob a sua direcção aplicar-se as medidas que possam levar S.Tomé e Príncipe a erguer-se no conjunto de estados africanos.Potencialidades, ele reconhece que existem as suficientes para guindar o País, determinação das pessoas também acredita que é alta, daí a razão do seu optimismo expressado numa conversa de quase três horas com o jornalista Víctor Aleixo, depois dos primeiros cem dias de governação do novo executivo santomense.

29/03/2015 06:24:57

CARMO NETO, SECRETÁRIO-GERAL DA UEA: "NEM TODA GENTE QUE ESCREVE UM LIVRO É ESCRITOR"

O Secretário-Geral da União dos Escritores Angolanos (UEA), Carmo Neto, apontou em entrevista à F&N o talento, leitura e criatividade como elementos essenciais para quem quer entrar no mundo das letras

28/02/2015 19:56:54

LUISA FANÇONY, DIRECTORA DA RÁDIO LAC "EM ANGOLA OS JORNALISTAS NÃO ENVELHECEM NA PROFISSÃO"

O actual contexto da comunicação social angolana, o pacote legislativo da comunicação social bem como a dinâmica de trabalho da rádio LAC foram temas colocados à mesa numa conversa franca com Luísa Fançony, directora da referida emissora, uma voz autorizada a falar de jornalismo 

1 2 3 4

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital