Página Aberta

 
01/02/2017 17:57:39

DAVIZ SIMANGO, PRESIDENTE DO MDM (MOÇAMBIQUE): A PAZ NÃO SE CONSEGUE COM TRÉGUAS AO TELEFONE

Daviz Simango é Presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), a terceira força política parlamentar daquele País do Índico e o primeiro partido da oposição a governar territórios. Com um passado político que o fez se inspirar na Frelimo, onde os seus pais ocuparam postos de destaque na direcção e na Renamo ao ponto de acabar por ser expulso, Daviz Simango criou a sua força política como uma alternativa aos "partidos da guerra", como os considera, e sonha ir mais longe na mira de dar uma melhor vida aos moçambicanos. Quer ser Presidente da República de Moçambique mas, para já pensa na paz que deve ser alcançada no seu País, na mudança da Constituição, torná-la mais inclusiva, e na eliminação de espaços para que a corrupção não seja uma praga que mine a verticalidade dos moçambicanos.

Daviz Simango respondeu por e-mail ao questionário enviado por Victor Aleixo

26/12/2016 07:30:49

ABEL DUERÊ, MÚSICO E ACTIVISTA CULTURAL ANGOLANO NO BRASIL

Conhecido, no Brasil, como Johnny Clegg (cantor sul-africano), o músico angolano Abel Duerê concede a sua primeira entrevista à revista “Figuras&Negócios”. Nas páginas que se seguem, Abel Duerê fala da sua chegada ao Brasil, as peripécias por que passou para se afirmar e dos projectos musicais. Disse que tem memórias da sua juventude, em Benguela, repleta de emoções e que fisicamente está no Brasil mas o espírito, este, continua em Angola, em Benguela para ser mais preciso

01/12/2016 18:52:55

MAKUTA NKONDO: A MINHA DIGNIDADE NÃO TEM PREÇO

A polémica, a irreverência, o divórcio claro e óbvio diante dos medos e receios constituem marcas da sua personalidade. Neste espaço não se tentou descobrir nada de novo num homem que já foi jornalista no activo na Angop, representante da agência noticiosa France Press, um político que começou na UPA-FNLA, causticado pelas aventuras que a própria vida encarna e que sofreu com o assassinato da mãe; enfim, Makuta Nkondo abre o jogo no quintal da sua casa, localizada em Cacuaco, distante dos bairros chiques de Luanda. Mantém o seu gosto: o de viver com uma certa razoabilidade e no conforto da sua família. Ali, fomos encontrá-lo, bem disposto, sem medo de falar a verdade.  A sua verdade que, a seguir, revela, no fundo, um homem arrependido por estar ligado à Unita, ao cargo de deputado como independente e que nega, em absoluto, criar um partido político para representar a etnia bacongo, apesar do permanente "assédio" de uma certa franja da sociedade civil angolana, inclusive ligada à religião

05/11/2016 12:15:00

CARLINHOS ZASSALA, PROFESSOR DA UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO "ESTAMOS A BANALIZAR O ENSINO SUPERIOR"

Carlinhos Zassala, Professor Titular da Universidade Agostinho Neto, Bastonário da Ordem dos Psicólogos de Angola, neste momento é o Chefe do Departamento de Psicologia da Universidade Agostinho Neto e Secretário da Primeira Região Académica do Sindicato do Ensino Superior. Numa conversa franca alerta para questões imperiosas como as condições de trabalho dos docentes, a fragilidade na investigação científica, bem como a politização dentro das universidades angolanas como um dos factores que as impede de constarem no ranking das melhores universidades em África 

02/10/2016 05:08:51

JOSÉ SEVERINO: “TEMOS QUE MELHORAR O AMBIENTE DE NEGÓCIOS”

José Severino, presidente da Associação Industrial de Angola (AIA) chama a atenção para o momento que o país vive realçando que, apesar da redução do crescimento económico, “o país tem todas as condições para ultrapassar a actual situação” mas que é necessário “mudar o pensamento” no sentido de “tomar medidas correctivas” o mais rápido possível. Na sua visão, 2017 pode ser um ano melhor, caso as mudanças sejam implementadas.

02/09/2016 06:41:15

REVERENDO NTONI-A-NZINGA: “A PAZ EM ANGOLA AINDA É UM PROJECTO FRÁGIL”

A paz no nosso País não pode ser considerada já como um processo consolidado, requer cuidados de toda Siociedade no âmbito da preocupação colectiva sobre o Repensar Angola. A constatação é do Reverendo Daniel Ntoni-a-Nzinga em Página Aberta. Ele faz abordagens mais detalhadas sobre outros processos de paz noutras parte de África, mormente de Moçambique.

PHD, Pastor da Igreja Evangélica Baptista de Angola, o Reverendo Ntoni a Nzinga foi, durante muito tempo, o rosto visível do COIEPA e nessa qualidade se destacou como uma figura bastante solicitada a emitir opiniões sobre o processo de paz em Angola. Mas sobre a paz em África, Ntoni a Nzinga tem outras experiências, desde a África do Sul, Congo Democrático, Uganda, entre outros, que fazem dele uma pessoa abalizada para falar do processo de pacificação dos povos, sobretudo no nosso continente

28/07/2016 07:43:31

JUSTINO PINTO DE ANDRADE: “TEMOS QUE MORALIZAR O PAÍS”

Justino Pinto de Andrade, experiente economista e político angolano, é o entrevistado de Figuras e Negócios. Sobre a economia nacional frisa que a crise económica que vivemos é estrutural e que as perspectivas económicas para o futuro são más pelo que "não espera por “milagres” neste capítulo". Quanto à vida política nacional realça que os partidos da oposição precisam encontrar plataformas de entendimento para se alcançar o equilíbrio de forças no Parlamento 

28/06/2016 07:34:39

“É PRECISO CONSIDERAR A PROTECÇÃO DA PALANCA COMO PRIORIDADE NACIONAL”

Sendi Baptista, Bióloga da Fundação Kissama, chama a atenção para a necessidade da conservação da Biodiversidade em Angola, tendo alertado que “uma coisa são os parques de papel” e outra é a realidade. No que toca à Palanca Negra Gigante realçou o trabalho que tem sido feito pelo Ministério do Ambiente, Forças Armadas Angolanas e Fundação Kissama mas alertou que a Palanca corre sério risco de extinção pelo que são necessárias medidas urgentes, especialmente na Reserva Integral do Luando, para garantir a preservação desta espécie que só existe no nosso País

31/05/2016 06:50:48

VICTOR ALEIXO: "VIVEMOS NUMA SOCIEDADE DO MEDO E DA BAJULAÇÃO"

Victor Aleixo, director da revista Figuras & Negócios foi entrevistado pela Rádio Mais e Jornal O País sobre o momento político que o País atravessa e colocou o dedo na ferida ao afirmar que a sociedade angolana vive hoje dividida entre o medo e a bajulação, mas falou mais de outros problemas candentes da vida política do País, ele que como analista político acompanha o processo com muita atenção. Apresentamos parte substancial da entrevista

02/05/2016 07:08:40

EMANUEL NKRUMA PAIM: NO TEATRO AS VEZES FAZEM-SE OMOLETES SEM OVOS

“O teatro é a transformação de factos reais da nossa vida quotidiana para a interpretação, o oferecimento da Arte da vida a um público que espera pouco ou mais de nós; o actor é o diabo, que faz a transformação com a maior responsabilidade e humor que pode, e esta é uma fusão divina. O actor dá vida a um texto ou circunstância, e a magia do teatro, está em dar ao actor a possibilidade de viver uma outra vida. Na verdade o conceito da vida assimila-se ao teatro só que na vida não temos espaço para ensaiar, o que torna o teatro não apenas uma Arte completa mas acima de tudo perfeita!” Emanuel Nkruma Paim, x anos, Secretário Geral da Associação Angolana de Teatro e Coordenador do projecto artístico Resgarte.

Resgarte é um projecto de artes cénicas, que recorre a técnicas tradicionais e convencionais do teatro para oferecer-lhe nova dinâmica e qualidade artística, que abraçou o desafio lançado em 2014, pela Globe to Globe de mostrar, em dois anos, a peça de Shakespeare em todos os países do mundo para assinalar os seus 450 anos.

02/04/2016 16:52:01

Manuela Sande: A EDUCAÇÃO SOBRE A SAÚDE DEVE SER MACIÇA E CONSEQUENTE

Para falar de assuntos relacionados à Endocrinologia, especialmente o impacto da diabetes na população, obesidade e medicina preventiva, conversamos com a experiente médica da especialidade, Manuela Sande que chamou a atenção para a necessidade de um tratamento adequado aos pacientes bem como da pesquisa científica para dar outro impulso ao trabalho feito por especialistas angolanos. Para dar resposta aos desafios actuais, Manuela Sande falou-nos da criação em Angola das sociedades médicas de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo bem como a de Diabetes e Nutrição

28/02/2016 13:49:19

ARMANDO MACHADO: “FAF NÃO PODE MANDAR NOS JOGOS DE CLUBES”

O campeonato nacional de futebol da primeira divisão, vulgo Girabola, já está em curso na sua 37ª edição. Agora, denominado de Girabola ZAP, a prova está a ser disputada com algumas novidades, umas bem aplaudidas, como, finalmente a oportunidade das equipas participantes, ganharem dinheiro; outras,  porém, acesas em polémicas, caso do aumento de três para cinco estrangeiros em cada equipa e, ainda, a condição de um jogador só ser suspenso depois de três cartões amarelos em vez de dois como antes; o pagamento dos árbitros pela federação e não já pelos clubes. 

Armando Machado, figura que já dirigiu a Federação Angolana de Futebol, o Petro do Huambo e Petro de Luanda, concedeu à Figuras & Negócios, a entrevista que se segue, onde falou do campeonato, da sua gestão federativa e de outros assuntos que ora entravam  ora dão alegria ao futebol de clubes e de selecções que Angola tem , no país e no continente.

30/01/2016 16:15:16

PAUL KAGAME PRESIDENTE DO RUANDA “ESTOU DISPOSTO A FICAR”

Paul Kagame é o todo poderoso Presidente do Ruanda, o político que encontrou a varinha magica para a reconciliação do povo ruandes e, por isso mesmo, é grande a corrente que defende a sua permanência no poder. E tudo vai ser assim porque a Constituição foi "arranjada" para esse propósito, numa situação que irritou muitas vozes de fora do Ruanda, mormente do Ocidente e dos EUA.

Nessa entrevista a Baffour Ankomah, da revista NewAfrican, que pela sua oportunidade, nós a reproduzimos, Paul Kagame fala das suas razões.

23/12/2015 07:19:56

PSICÓLOGOS JOÃO PAULO GANGA E ENCARNAÇÃO PIMENTA “OS PROBLEMAS COMPLICADOS DE UMA SOCIEDADE DOENTE”

O ano está a terminar e, nesta altura repetimos as reportagens sobre o Natal e o final do ano. Muitas vezes esquecemo-nos que falar da harmonia destas datas, é hipocrisia, quando não pensamos nos maus momentos que fizeram parte do nosso ano e sobre os quais devemos reflectir como forma de preparar melhor o seguinte. 

Antes de atermo-nos pensarmos em comemorações e festejos, urge pensar no ano que se avizinha, pegarmo-nos numa grande reflexão sobre o ano que agora termina. E diga-se em abono da verdade,  2015 foi recheado de atropelos com vários fenómenos que surgiram na sociedade.

Ao longo do ano, falamos de problemas como a falta de energia eléctrica e água potável, corrupção, o acesso à educação e saúde, e embora se conheçam pulos significativos nestas áreas, é importante sabermos que antes de tudo, existem entre os jovens questões que precisam de ser vistas com olhos clínicos, como é o problema do respeito e Amor ao próximo. Problemas que têm sido deixados para trás mas que precisam de ser vistos como muito sérios.

A mentalidade jovem precisa de transformação de forma que ainda se consiga arranjar um porto seguro para onde se leve o barco que quase se afunda. Através de uma conversa com dois especialistas bem conhecidos da nossa praça social conheçamos um bocado mais a fundo os fenómenos com que a sociedade convive hoje, como forma de pensarmos cada um na mudança que só assim, caminharemos para o real resgate de valores que a sociedade angolana precisa. 

Uma conversa que sem ser propriamente uma entrevista, atrevi-me a chamar-lhe um “atiçar as feras” num debate animado com os psicólogos João Paulo Ganga e Maria da Encarnação Pimenta

26/11/2015 18:32:11

MARTINHO DA VILA, MÚSICO BRASILEIRO: SONHO FAZER UMA DIGRESSÃO MAIOR EM ANGOLA

Nesta entrevista, Martinho comenta a relação do samba com a língua portuguesa, o seu carinho pela lusofonia e o seu processo criativo de carpintaria literária

1 2 3 4

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital