Economia & Negócios

 
02/09/2016 07:03:03

EUROPA RESPIROU ANTES DO BREXIT

O desempenho da economia alemã, no segundo trimestre comparado com o primeiro, surpreendeu analistas e instituições, uma vez que foi o dobro do esperado. 

De França e Itália não vêm grandes alegrias. Melhor estiveram Espanha e Reino Unido. A economia do conjunto da Eurozona progrediu 0,3%, desacelerado dos 0,6%

02/09/2016 07:01:53

AJUSTAMENTOS À ECONOMIA

Como era previsto, o parlamento Angolano ajustou o Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2016, começando por diminuir as previsões de crescimento do PIB de 3,3% para 2,69% devido à quebra nas receitas petrolíferas a nível internacional

02/09/2016 07:00:28

ZONA ESPECIAL DE LUANDA E BENGO INVESTIR NA PRIVATIZAÇÃO!

A Economist Intelligence Unit (EIU) considera que a venda de 53 unidades industriais na Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEELB) vai gerar dinheiro a curto prazo e diminuir as despesas, mas afectará as receitas dos arrendamentos de longa duração

28/07/2016 08:01:55

PORTUGAL E ESPANHA MANTÉM-SE AS DÚVIDAS QUANTO A SANÇÕES

Só após 27 de Julho se saberá se Portugal e Espanha vão conhecer a sentença, dos parceiros europeus, quanto à ultrapassagem do limite de 3% de défice orçamental. Até essa data, os dois países têm de apresentar argumentos que convençam os dirigentes comunitários. Instabilidade num momento em que o bloco conhece o seu momento mais complicado, com a saída do Reino Unido.

28/07/2016 07:59:54

MICROFINANÇAS E MERCADO INFORMAL: O PARADIGMA PERFEITO?

Padrões de Consumo. Dois mil milhões de dólares circulam (circulavam) no mercado informal. Em Angola, o peso do sector informal na economia é grande, sendo que os últimos relatórios publicados por organizações internacionais como as Nações Unidas e o Banco Mundial mostram que os rendimentos de mais de 60% da população angolana provêm directamente do sector informal, que representa uma média de 43,6% do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com dados de 1999 a 2007, sendo que este valor está a crescer e é dos mais elevados. Mesmo com as isenções aplicadas às actividades mais precárias, um imposto de sociedade de 35%, que se situa entre os mais elevados do mundo, constitui-se num entrave para a formalização da actividade económica

28/06/2016 07:59:19

CONVERSAÇÕES COME‚ARAM EM LUANDA FMI DÁ ASSISTÊNCIA FINANCEIRA A ANGOLA

A alteração da tendência de estabilidade e crescimento da economia angolana nos últimos anos e os efeitos negativos no rendimento das famílias, nas empresas e na economia em geral, põe ao relevo um tema de suma importância, muitas vezes ignorado e outras  incompreendido – que se prende com o espírito  pragmático e de contingência que deve acompanhar as decisões dos gestores públicos e privados. Governar nos dias de hoje é reconhecer a incerteza de que o contexto actual pode mudar drasticamente amanhã, e nesse reconhecimento, estabelecer mecanismos de mitigação de risco, com vista a garantir sustentabilidade e continuidade no caminho do desenvolvimento social e económico. Resumindo, as elites nacionais, nos seus vários segmentos, têm  de ser capazes de operar uma rápida transposição na sua forma de encarar o passado, o  presente e o futuro – Onde está o pensamento de curto prazo, deve dar lugar a um verdadeiro pensamento de longo prazo, apoiado nos melhores  princípios e valores  nacionais    

28/06/2016 07:57:39

GUINÉ EQUATORIAL AVANÇA COM LICITAÇÃO PARA 37 BLOCOS DE PETRÓLEO

A Guiné Equatorial anunciou o lançamento de uma ronda de licitação para a exploração de 37 blocos onde se espera que haja petróleo ou gás, 32 dos quais ao largo da costa do país.

28/06/2016 07:55:14

BNA QUER DISCIPLINAR SISTEMA FINANCEIRO ANGOLANO

O BNA pretende transformar a banca comercial num verdadeiro veículo de promoção da actividade produtiva do País, tendo como principal actividade de negócio o crédito com as famílias e as empresas e não ter na actividade cambial a principal fonte de receitas, como acontece actualmente. Esta posição foi defendida pelo actual Governador do BNA, Valter Filipe, no decorrer de um pequeno almoço com "fazedores de opinião", onde foi apresentado um pacote de medidas denominado "Projecto de adequação do sistema financeiro angolano às normas prudenciais e boas práticas internacionais". O novo instrumento visa o aprimoramento dos mecanismos de controlo e supervisão do sistema financeiro nacional em sintonia com as normas e procedimentos do sistema internacional

28/06/2016 07:53:53

ESTÁ EM ANGOLA O FMI E VOCÊS QUEREM MATAR O MENSAGEIRO?

Diz a lenda que a derrota dos exércitos de Dario III, rei da Pérsia, frente às forças de Alexandre, o Grande, na batalha de Issus, foi resultado de uma sucessão de más decisões. E parece que o maior erro do rei persa foi ter ignorado os conselhos de Charidemus, um dos seus mais destacados generais, na definição das estratégias de combate.

28/06/2016 07:49:41

SONANGOL COM DIRECCÃO NOVA: MODELO DE ORGANIZAÇÃO EM MARCHA COM FUROS PARA TAPAR

O Modelo de Reajustamento da Organização do Sector Petrolífero, cujos alicerces  assentam em quatro princípios fundamentais, nomeadamente  os da estabilidade, da intervenção mínima da necessidade, da transparência e da  gestão parcimoniosa dos recursos,   deu recentemente um passo de gigante com a mexida brutal ocorrida no comando da poderosa Sonangol, que se matém como concessionária nacional exclusiva do sector, “apartando-se de todas as demais actividades até então exercidas, nestas incluindo as de pesquisa, produção e operação de blocos petrolíferos

31/05/2016 07:15:21

PETRÓLEO: UMA LAMPARINA NO FUNDO DO TÚNEL

Goldman Sachs eleva previsão para o preço do petróleo no curto prazo. Interrupções na produção e aumento da demanda afectam a oferta global, aponta o banco

31/05/2016 07:12:52

SUPERVISIONAR PARA FORTALECER AS POSIÇÕES DE SOLVABILIDADE

A intervenção dos últimos governos no âmbito das políticas de regulação permitiu a alteração do quadro jurídico-legal de forma a alargar o espectro de actuação das instituições de regulação. Assim a actividade bancária em Angola, se desenvolve num articulado de leis e regulamentos, tendo como referência a Lei nº16/10 de 15 de Julho, que vem dar a actividade um enquandramento relativamente “moderno”, a contar com a anterior legislação que era já, desajustada aos novos tempos. Portanto, o Banco Nacional de Angola (BNA), tem um conjunto de competências e atribuições que permitem garantir um leque de objectivos, que permitem de entre outras a estabilidade do sistema financeiro

02/05/2016 07:22:38

ISABEL DOS SANTOS RECUA NO NEGÓCIO COM O CAIXABANK

Isabel dos Santos recusa encarnar a personagem de má da fita no problema do BPI. A empresária critica o Governo de Portugal e denuncia negociação de má-fé ao Caixabank, que acusa de ter ganho 235 milhões de euros à custa dos accionistas daquele banco português. Este valor refere-se à diferença entre o que se propõe agora pagar face à disponibilidade de Fevereiro de 2015

02/05/2016 07:21:20

ACORDOS ENTRE ANGOLA E O FMI

Uma análise minuciosa aos indicadores económicos faz-nos aferir que a economia nacional está a passar por momentos difíceis uma vez que continuamos com a mesma dinâmica, forte exposição  em relação a dependência excessiva das receitas derivadas das exportações do petróleo que representam mais de 60% do PIB, fraca produção interna que nos coloca numa posição redutora e a incapacidade de atingir a sustentabilidade a médio longo prazo

02/05/2016 07:19:56

CONTAS NO EXTERIOR 'SOB ALERTA' VALORES PODEM FICAR RETIDOS NO ESTRANGEIRO

O acordo que o Banco Nacional de Angola (BNA) foi obrigado a assinar com o Grupo de Acção Financeira Internacional (GAFI), para sair da lista de monitoramento global Anti-Lavagem de Dinheiro e Contra o Financiamento do Terrorismo (AML/CFT) que limitava a venda de divisas ao país, estará a causar constrangimentos nas movimentações financeiras de PEP (pessoas politicamente expostas e familiares) angolanos. O VE soube, de fontes oficiosas, que já se encontram valores congelados até ao esclarecimento do regulador ou do titular em Portugal, Espanha, Hong-Kong e Dubai. O VE não pôde confirmar montantes, instituições ou titulares de contas porque se encontram ao abrigo do sigilo bancário

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital