Dossier

 
29/08/2015 09:27:35

ÁFRICA A ÚLTIMA FRONTEIRA?

O crescimento económico em África deverá fortalecer-se em 2015 e 2016 para 4,5 e 5%, níveis próximos aos de antes da crise mundial de 2008 e 2009. Verificou-se, entre outras coisas, as mesmas dificuldades que os governos africanos encontraram em ultrapassar os obstáculos antes da crise

27/07/2015 10:29:28

NO PROJECTO “TERRAS DO FUTURO” AQUICULTURA CRESCE COM MUITAS TILÁPIAS GORDAS À VISTA

Foi em Setembro do ano passado que o projecto “Terras do Futuro”, no sector da aquicultura, começou a trabalhar a todo o gás, depois de cerca de cinco anos de preparação de toda uma estrutura capaz de iniciar o ciclo produtivo de tilápias na lagoa da Kilunda, com boas perspectivas para impor a sua marca como o mais importante empreendimento instalado na região Norte do país

29/03/2015 07:04:37

ESPECIALISTAS RECLAMAM IMPOSIÇÃO DE VALORES

A discussão sobre a questão do homossexualismo e a forma como é abordada pela sociedade continua. Sobre esta questão ouvimos a psicóloga e professora universitária Carla Justiniano que começa por dizer que a existência de pessoas que mantém relação amorosa com outros do mesmo sexo é uma realidade mundial e no nosso país também, contudo, acrescenta que a abordagem pública desta questão é recente.

29/03/2015 07:03:18

SEM «MEDO» E POUCOS TABUS

A homossexualidade não é totalmente aceite, mas é muitíssimo mais do que tolerada – o tema não interessa. Porém, a repugnância de alguns traduziu-se no caso recente em que um taxista agrediu uma senhora por esta ter beijado na boca a sua amiga ou namorada.


29/03/2015 07:02:15

RELATÓRIO DE MORTES MOSTRA O PERIGO

Pelo menos 312 gays, lésbicas e travestis brasileiros foram assassinados em 2014, média de um homicídio a cada 28 horas, revela pesquisa feita pelo Grupo Gay da Bahia (GGB)

29/03/2015 07:01:14

BRASIL: A CAUSA GAY GANHA ESPAÇO

A decisão da cantora baiana Daniela Mercury de assumir um relacionamento afectivo com uma mulher trouxe à tona um dilema enfrentado pelos gays brasileiros actualmente.

29/03/2015 06:59:58

JIKULUMESSU O BEIJO QUE DESAGRADOU A GREGOS E A TROIANOS

“O pai defende resgate de valores, e o filho promove titiquices e outras miudezas”, consegui reter este pequeno texto, de uma foto tirada de um perfil de facebook de um cidadão, que me foi enviada pelo whatsApp, no dia 29 de Janeiro de 2015.

Uma volta pela fenomenal rede social e, as coisas pareciam estar a fervilhar

29/03/2015 06:58:54

CABO VERDE HOMOSSEXUAIS ROMPEM TABUS COM PARADA GAY

A abordagem da homossexualidade através das telenovelas e dos filmes que são vistos em Cabo Verde está a contribuir para romper um certo tabu à volta desse fenómeno de «desvio genético e biológico». A par disso, a Associação Gay Cabo-verdiana (ver entrevista com o seu vice-Presidente) está a trabalhar para que os seus membros deixem de ser descriminados, saiam das quadro paredes e tenham maior visibilidade na sociedade. O MindeloPride – uma espécie de parada gay – tem sido um evento anual de destaque realizado com o referido fim na ilha de S.Vicente

29/03/2015 06:57:30

NADA SERÁ COMO ANTES. A SEXUALIDADE NUMA PERSPECTIVA DIFERENTE

“Ele se bamboleia pela calçada. Coloca, pé ente pé, o sapato de bico fino que roça nas pedras por onde passa. Mas que pedras são essas que carrega também às costas como se de um fardo se tratasse. Que fardo pesado. E não se compreende como este peso pode ser multiplicado por tantos. Tantos que não conseguem, de perto, observar ao espelho o seu próprio umbigo mas apontam facilmente as curvas de um destino que julgam não lhes ter sido traçado. Como sabem? Quem sabe? Como se sabe? Serei gay? Serei doente? Deve ter tratamento. Afinal, poucas doenças não o têm. Mas eu? Eu não, com certeza. Sou muito macho. Olho-me ao espelho e vejo os meus músculos e os pelos do peito. Mas para que servem? Para encher uma perfeita camisa de seda ou caxemira em tons rosados, impecavelmente engomada. Junto umas calças finas e justas para adelgaçar as curvas enquanto me bamboleio pela calçada. Esconder-me? Porquê? De quê? De quem? Nada nem ninguém pode ou deve julgar. Mas que julgamento é este num tribunal selvagem sem portas nem Leis. De onde vêm então as Leis feitas por aqueles que continuam a não conseguir olhar para o seu umbigo. E nem sabem para que ele serve?”.

29/03/2015 06:55:25

POR CAUSA DO JIKULUMESSU HOMOSSEXUALIDADE SAI DO ARMÁRIO

20/12/2014 19:30:44

EXPORTAÇÃO DE CABELO HUMANO CHINA COMANDA NEGÓCIO DE MILHÕES

Embarcam numa viagem pela China, Cambodja, Malásia e Índia com transferência para o Brasil, Angola, Nigéria, Ghana, África do Sul,  Rússia  e tantas outras paragens  de longo curso por este mundo até chegarem aos salões de beleza.

Nem olhando para a embalagem da extensão de cabelo se pode descobrir  as suas origens.  Os fabricantes deliberadamente vão enganando a verdadeira fonte deste misterioso e lucrativo negócio,a exportações de cabelo humano

02/12/2014 14:52:12

PARA ONDE CAMINHA A QUALIDADE DO ENSINO EM ANGOLA?

24/10/2014 12:37:56

BENGUELA, UMA PROVÍNCIA EM FRANCO DESENVOLVIMENTO

O início do Século XX marca o arranque de uma nova etapa de desenvolvimento em que Benguela viu aumentar o seu grau de importância como um atractivo pólo comercial.
A procura por parte das empresas aumentou e começaram a surgir negócios de qualidade com influência no crescimento económico, como a indústria do sisal e pesca, finanças, construção e outros serviços até à Independência.

25/09/2014 16:23:24

MANIFESTAÇÕES RACISTAS CONTINUAM SEM TOMADA DE MEDIDAS MAIS DURAS ESTÁDIOS DE FUTEBOL

Pelos  mais diversos estádios de futebol de clubes das cores mais díspares do globo,  têm se registado verdadeiros actos criminosos.A pancadaria entre jogadores, adeptos, dirigentes ou equipas de arbitragem sucede-se com frequência e há até quem diga (inclusive gente bem colocada na direcção dos mais importantes organismos mandantes do futebol mundial) que toda esta onda   faz parte do espectáculo mais mediático do mundo. No meio de toda esta embrulhada, um crime mais perverso impera: o racismo!

25/09/2014 16:21:26

RACISMO NO MUNDO UMA PRÁTICA CORROSIVA E BURRA

De forma prudente, com muitos panos quentes e acções sem grande alcance mediático e moralizador; muita ponderação e raros exemplos da sua criminalização;poucas respostas institucionais e um sentimento conformista imperam diante de tanta estupidez humana. É mais ou menos este o quadro que se pode traçar quando se está diante da análise possível de  um fenómeno social destruidor de almas, raças, etnias, de desejos e de sonhos de milhões de seres humanos. Um olhar desconfiado, um sentimento de revolta ou indignação pode traduzir desconforto e frustração de qualquer mortal  confrontado com o racismo, que, em definitivo, está enraizado em todas as sociedades, sejam elas pobres ou ricas

1 2 3 4 5 6 7

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital