Dossier

 
26/11/2015 18:46:00

ANGOLA PROSSEGUE O SEU RUMO, COM MAIOR ESPERANÇA DEPOIS DO DIA DA “DIPANDA”

A história da República regista que, depois de mais de um quarto de  século de uma das guerras mais violentas de África, que resultou em centenas de milhares de mortos e feridos, deslocados de guerra e a busca incessante do exílio,foram os próprios militares de ambos os lados do conflito que abraçaram os ideais de paz. Fartos de tanta incompreensão, desconfiança e da hipocrisia dos políticos, decidiram inverter o curso da história

26/11/2015 18:43:30

COM TANTO CINISMO E INTERESSES POR CIMA DA MESA NÃO HAVIA OUTRA SAÍDA

Foram vários os acordos assinados entre os principais protagonistas da luta pela independência nacional como também foi a luta permanente evidenciada ao longo de décadas para que cada um tirasse o seu doce pedaço deste apetitoso bolo que se chama Angola. Lusaka, Mombaça, Bicesse e um “pacote” gordo de boas intenções não passaram disso mesmo: intenções que tiveram como  “cereja” amarga no topo do bolo a conquista do poder ou a sua preservação

26/11/2015 18:41:44

ASSINADO EM 1975, ANTES DA INDEPENDÊNCIA O QUE DIZ O ACORDO DE ALVOR?

Foram sessenta  artigos encaixados em onze longos capítulos que conformaram o Acordo de Alvor (Algarve, Portugal), assinado em meados de Janeiro de 1975, cujo objectivo era permitir a obtenção da independência de Angola, prevendo a instauração da paz entre os três principais movimentos de libertação  reconhecidos, nomeadamente o MPLA, a Unita e a FNLA, representados na mesa das “negociações” do futuro do país independente por Agostinho Neto (MPLA), Jonas Savimbi (UNITA) e Holden Roberto (FNLA)

26/11/2015 18:38:48

PROCLAMAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL FOI HÁ QUARENTA ANOS

Passados que são quarenta anos desde que se proclamou a independência nacional, a memória colectiva dos angolanos permanece apegada a um discurso de esperança,prenhe de valores de uma época em que o mundo estava dividido por muros de encantos e desencantos, de ideologias bastas vezes incompreendidas pelos povos que apenas queriam que cada um no seu território vivesse as suas alegrias e tristezas, mas livres e donos do seu destino.Mas,como aconselha o poeta, todos temos de saber “quanto é que custa a liberdade”.E o povo angolano sabe!...

29/10/2015 18:59:02

DEMOCRACIA EM ÁFRICA O DIFÍCIL DILEMA DA ALTERNÂNCIA POLÍTICA

A questão da alternância democrática em África está na ordem do dia numa altura em que se esperam, entre 2015 a 2017 cerca de dezanove eleições presidenciais onde em alguns países se ensaiam manobras e subterfúgios para se rever as constituições de forma a eternizar-se no poder os actuais presidentes. Fala-se hoje em desenvolvimento do continente em democracia que se consolida numa altura em que se conhecem mais focos de instabilidade, violência e outros "bloqueios institucionais" que atropelam a vontade do Povo ver uma África rico em recursos a se erguer sem barreiras.

29/09/2015 11:12:11

PROBLEMÁTICA DOS REFUGIADOS NA EUROPA A VERGONHA DO SÉCULO!

Depois de ajudar a invadir e destruir países; equipar terroristas que deram origem ao EI; apoiado o engodo da Primavera Árabe; a Europa colhe o que plantou

29/08/2015 09:27:35

ÁFRICA A ÚLTIMA FRONTEIRA?

O crescimento económico em África deverá fortalecer-se em 2015 e 2016 para 4,5 e 5%, níveis próximos aos de antes da crise mundial de 2008 e 2009. Verificou-se, entre outras coisas, as mesmas dificuldades que os governos africanos encontraram em ultrapassar os obstáculos antes da crise

27/07/2015 10:29:28

NO PROJECTO “TERRAS DO FUTURO” AQUICULTURA CRESCE COM MUITAS TILÁPIAS GORDAS À VISTA

Foi em Setembro do ano passado que o projecto “Terras do Futuro”, no sector da aquicultura, começou a trabalhar a todo o gás, depois de cerca de cinco anos de preparação de toda uma estrutura capaz de iniciar o ciclo produtivo de tilápias na lagoa da Kilunda, com boas perspectivas para impor a sua marca como o mais importante empreendimento instalado na região Norte do país

29/03/2015 07:04:37

ESPECIALISTAS RECLAMAM IMPOSIÇÃO DE VALORES

A discussão sobre a questão do homossexualismo e a forma como é abordada pela sociedade continua. Sobre esta questão ouvimos a psicóloga e professora universitária Carla Justiniano que começa por dizer que a existência de pessoas que mantém relação amorosa com outros do mesmo sexo é uma realidade mundial e no nosso país também, contudo, acrescenta que a abordagem pública desta questão é recente.

29/03/2015 07:03:18

SEM «MEDO» E POUCOS TABUS

A homossexualidade não é totalmente aceite, mas é muitíssimo mais do que tolerada – o tema não interessa. Porém, a repugnância de alguns traduziu-se no caso recente em que um taxista agrediu uma senhora por esta ter beijado na boca a sua amiga ou namorada.


29/03/2015 07:02:15

RELATÓRIO DE MORTES MOSTRA O PERIGO

Pelo menos 312 gays, lésbicas e travestis brasileiros foram assassinados em 2014, média de um homicídio a cada 28 horas, revela pesquisa feita pelo Grupo Gay da Bahia (GGB)

29/03/2015 07:01:14

BRASIL: A CAUSA GAY GANHA ESPAÇO

A decisão da cantora baiana Daniela Mercury de assumir um relacionamento afectivo com uma mulher trouxe à tona um dilema enfrentado pelos gays brasileiros actualmente.

29/03/2015 06:59:58

JIKULUMESSU O BEIJO QUE DESAGRADOU A GREGOS E A TROIANOS

“O pai defende resgate de valores, e o filho promove titiquices e outras miudezas”, consegui reter este pequeno texto, de uma foto tirada de um perfil de facebook de um cidadão, que me foi enviada pelo whatsApp, no dia 29 de Janeiro de 2015.

Uma volta pela fenomenal rede social e, as coisas pareciam estar a fervilhar

29/03/2015 06:58:54

CABO VERDE HOMOSSEXUAIS ROMPEM TABUS COM PARADA GAY

A abordagem da homossexualidade através das telenovelas e dos filmes que são vistos em Cabo Verde está a contribuir para romper um certo tabu à volta desse fenómeno de «desvio genético e biológico». A par disso, a Associação Gay Cabo-verdiana (ver entrevista com o seu vice-Presidente) está a trabalhar para que os seus membros deixem de ser descriminados, saiam das quadro paredes e tenham maior visibilidade na sociedade. O MindeloPride – uma espécie de parada gay – tem sido um evento anual de destaque realizado com o referido fim na ilha de S.Vicente

29/03/2015 06:57:30

NADA SERÁ COMO ANTES. A SEXUALIDADE NUMA PERSPECTIVA DIFERENTE

“Ele se bamboleia pela calçada. Coloca, pé ente pé, o sapato de bico fino que roça nas pedras por onde passa. Mas que pedras são essas que carrega também às costas como se de um fardo se tratasse. Que fardo pesado. E não se compreende como este peso pode ser multiplicado por tantos. Tantos que não conseguem, de perto, observar ao espelho o seu próprio umbigo mas apontam facilmente as curvas de um destino que julgam não lhes ter sido traçado. Como sabem? Quem sabe? Como se sabe? Serei gay? Serei doente? Deve ter tratamento. Afinal, poucas doenças não o têm. Mas eu? Eu não, com certeza. Sou muito macho. Olho-me ao espelho e vejo os meus músculos e os pelos do peito. Mas para que servem? Para encher uma perfeita camisa de seda ou caxemira em tons rosados, impecavelmente engomada. Junto umas calças finas e justas para adelgaçar as curvas enquanto me bamboleio pela calçada. Esconder-me? Porquê? De quê? De quem? Nada nem ninguém pode ou deve julgar. Mas que julgamento é este num tribunal selvagem sem portas nem Leis. De onde vêm então as Leis feitas por aqueles que continuam a não conseguir olhar para o seu umbigo. E nem sabem para que ele serve?”.

1 2 3 4 5 6 7

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital