África

 
02/07/2014 19:46:12

CABO VERDE CARLOS LOPES FALA E AGITA CONSCIÊNCIAS

O Secretário-Geral Adjunto da ONU para a África, o guineense Carlos Lopes, esteve em em Cabo Verde no II Fórum Nacional de Transformação, onde apontou as três questões que considera fracturantes para o arquipélago: uma democracia polarizada e lenta a tomar decisões, um excesso de tradição jurídica e os perigos da descentralização desmedida. Criticou ainda excessiva “ancoragem” a uma Europa em crise, encorajando uma viragem “pragmática” para África

02/07/2014 19:43:58

CABO VERDE QUER ACOLHER PLATAFORMA LOGÍSTICA DE ANGOLA PARA CEDEAO

Resultado da recente visita a Angola do Primeiro-Ministro de Cabo-Verde, José Maria Neves e do seu encontro com o Presidente José Eduardo dos Santos, a parceria económica entre Angola e Cabo-Verde vai conhecer um momento alto, a partir de Julho próximo, com a meta de, criação de uma Plataforma Logística de produtos e serviços angolanos numa das ilhas de Cabo Verde, que serão exportados para o vasto mercado da África Ocidental, constituído actualmente por cerca de 400 milhões de habitantes e detentor de uma produção superior a 270 biliões de USD

02/07/2014 19:42:51

GUINÉ-BISSAU UMA OUTRA ERA

31/05/2014 16:08:48

AFONSO DHLAKAMA, LÍDER DA RENAMO "MANDEI CESSAR FOGO QUERO PAZ EM MOÇAMBIQUE"

Em entrevista exclusiva à radio DW África,da Alemanha, o líder da RENAMO Afonso Dhlakama diz que falta boa vontade da FRELIMO nas negociações e que sentiu "pena" das Forças Armadas moçambicanas na Gorongosa e que tropas que o atacaram são "exército pessoal" da FRELIMO.

Na entrevista concedida por telefone à DW África que retomamos, na esteira de tentar compreender o que fez estalar o verniz paz naquele País irmão, Afonso Dhlakama, líder da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), debita, como era de esperar, fortes críticas a Frelimo e ao seu líder Armando Guebuza,  mas quanto ao futuro do País ele garante  que a actual segunda maior força da oposição moçambicana tem muito interesse em acabar com os confrontos militares. Ele acredita  que as eleições gerais de Outubro próximo irão, de facto, acontecer mas deixa claro que  o governo da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), deve também colaborar.

Neste momento, por exemplo, está sobre a mesa de negociações entre as partes a composição do exército nacional e o desarmamento da RENAMO, considerado um dos pontos mais críticos do diálogo.

31/05/2014 16:07:14

CANDIDATO DO PAIGC VAI PRESIDIR A GUINÉ-BISSAU

31/05/2014 16:05:50

NIGÉRIA AS CATIVEIRAS DE BOKO HARAM

Na Nigéria, o grupo Boko Haram sequestrou 276 adolescentes para escravizá-las ou vendê-las a líderes tribais, respaldado pela interpretação literal do Corão e desafia a comunidade Internacional que se manifesta a exigir a liberdade dos reféns.

31/05/2014 16:04:43

ÁFRICA PASTO DAS CONTRADIÇÕES GLOBAIS

29/03/2014 09:47:50

COOPERAÇÃO ANGOLA E CABO VERDE O LIMITE É O CÉU

Cabo Verde nasceu insular e atlântico, lusófono e africano. Hoje, membro de pleno direito da União Africana e da CEDEAO.

29/03/2014 09:46:43

REPÚBLICA CENTRO AFRICANA: A PAZ AINDA TARDA A CHEGAR

01/03/2014 05:59:55

GUINÉ EQUATORIAL INFILTRA-SE EM CIMEIRA SOBRE A FOME

O motivo da reunião em Maputo era a fome, mas foi a adesão dum novo Estado à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) que acabou por marcar a agenda mediática.

01/03/2014 05:57:49

África Innovation Summit 2014: AFRICANOS PREOCUPADOS COM A INOVAÇÃO

28/01/2014 19:07:22

Os exemplos de Mandela LIÇÕES DE UM LÍDER

“Mandela veio ao mundo em 1918, apenas como Rolihlahla, neto de um líder do povo thembu. O nome Nelson foi-lhe dado anos depois, por um professor de uma escola metodista por ocasião do seu baptismo. Em xhosa, Rolihlahla significa “encrenqueiro”, termo que pode ser considerado tanto irónico como apropriado para a carreira e o legado do político Mandelaˮ

24/12/2013 17:04:48

Grandes Lagos SOLUÇÕES ADIADAS

A região dos Grandes Lagos fecha o ano de 2013 sem soluções duradouras para os conflitos armados e políticos.

01/12/2013 18:32:47

Moçambique ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS COM DESORDEM ORGANIZADA

O 20 de Novembro de 2013 já está registado na memória de todos os moçambicanos por ser o dia em que cerca de 80% dos potenciais eleitores registados no recenseamento eleitoral foram  exercer o seu direito cívico e constitucional, votando para a eleição do presidente do Conselho Municipal e dos membros das assembleias municipais nas 53 autarquias do país.

01/12/2013 18:24:58

Grandes Lagos COMEÇA A GUERRA DO PETRÓLEO ENTRE KINSHASA E KAMPALA

Um novo conflito se desenha na região dos Grandes Lagos, onde o Uganda  começa a alimentar forte interesse pelo controlo de fontes de petróleo em pleno território da RDCongo.

1 2 3 4 5 6 7 8

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital