África

 
28/02/2015 20:50:00

R.D. CONGO: CRISE POLÍTICA AMEAÇA ELEIÇÕES

A República Democrática do Congo já dispõe de um calendário para o processo eleitoral, mas a crise política permanece. Oposição e sociedade civil exigem do Governo meios para financiar as eleições, enquanto este alega ter recursos insuficientes, depositando a confiança nos doadores externos. Adversários do regime receiam que o dilema leve à separação das legislativas e presidenciais, criando estas um cenário propício à permanência de Joseph Kabila no poder.

28/02/2015 20:48:35

MOÇAMBIQUE NYUSI “COSTURA” ACOMODAÇÃO DE DHLAKAMA

28/02/2015 20:44:44

JANIRA ALMADA, PRESIDENTE DO PAICV: "TEMOS QUE TORNAR A POLÍTICA MAIS SUBSTANTIVA"

Janira Hopffer Almada, que sucedeu José Maria Neves na liderança do PAICV (Cabo Verde) no recente Congresso extraordinário de Janeiro, garante à revista Figuras & Negócios que vai trabalhar para dinamizar a proposta de parceria económica entre Cabo Verde e Angola em estudo. É que, segundo defende, falta «emprestar matéria à política, torná-la cada vez mais substantiva», ou seja, «passar do inteligível para a realidade concreta». Na entrevista que se segue, a nova timoneira do partido no poder em Cabo Verde desafia ganhar todas as eleições de 2016 – legislativas, presidênciais e autárquicas

25/01/2015 00:39:26

A ILHA DO VULCÃO DO FOGO “NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE NEM BEM QUE NÃO SE ACABE”

25/01/2015 00:37:39

UM ALERTA PARA ÁFRICA BOKO HARAM E AQMI PODEM PROGREDIR

20/12/2014 19:46:59

CABO VERDE JANIRA HOPFFER ALMADA: NOVA PRESIDENTE DO PAICV

Está consumada a mudança política no PAICV, partido que governa Cabo Verde desde 2001. Janira Hopffer Almada é, conforme os dados provisórios das directas de 14 de Dezembro, a nova Presidente do PAICV, em substituição de José Maria Neves, que é também o actual primeiro-Ministro

20/12/2014 19:45:52

O PIOR ANO DA ÁFRICA COM O SURTO DE ÉBOLA

A África vive um dos piores momentos da sua história com o surto da Ébola. A morte de cerca de sete mil pessoas, afectando sobretudo a Guiné Conackry, Serra Leoa e Libéria, constitui a primeira grande consequência drástica dessa epidemia. Se a doença alargar para outros países vizinhos e regiões do Globo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que o número de vítimas poderá aumentar, podendo o custo financeiro do surto oscilar, segundo as projecções do Banco Mundal, entre os 32 e 33 biliões de dólares USD em 2014 e 2015

20/12/2014 19:05:44

ERUPÇÃO DO PICO DO FOGO DE CABO VERDE: A TRAGÉDIA COM O SUMIÇO DE CHÃ DAS CALDEIRAS

Com um prejuízo provisório que ultrapassa os 50 milhões de Euros (5,5 milhões de contos ECV), a erupção do Pico do Fogo de Cabo Verde já fez desaparecer quase toda a área edificada de Chã das Caldeiras, estimada em 57, 49 hectares. Os 1.200 residentes dos dois povoados locais -  Portela e Bangaeira - viveram momentos iniciais dramáticos, mas agora estão mais tranquilos como desalojados nos centros de acolhimento dos Mosteiros, de Monte Grande e da cidade de Filipe. Notório está a ser o apoio da comunidade internacional, em resposta ao apelo lançado pelo governo de José Maria Neves para fazer face «à situação da calamidade natural» que se vive nos arredores do vulcão. A República de Angola fez chegar ao arquipélago três aeronaves com 39 toneladas de géneros alimentícios, equipamentos e materiais de construção para ajudar as vítimas dessa catástrofe. A ajuda de Angola está avaliada em sete milhões de dólares americanos.

02/12/2014 15:18:16

CONGO BRAZAVILLE SASSOU NGUESSO QUER CONTINUAR

Em Brazzaville, a classe política e a sociedade civil estão concentradas na discussão polémica acerca da pertinência ou não de modificar a Constituição de 2002, a pensar nas eleições de 2016

02/12/2014 15:15:19

KENYATTA DRIBLA TPI, COMPAORÉ ABRE A “PRIMAVERA” A SUL DO SAHARA

Uhuru Kenyatta, presidente do Kenya, encontrou estratagemas para, por enquanto, esvaziar as acusações do Tribunal Penal Internacional (TPI) por crime contra a humanidade. Blaise Compaoré, escorraçado do poder por tentativa de alterar a Constituição, parece ter inaugurado a “primavera” a sul do Sahara. Joseph Kabila e Sassou Nguesso procuram, também, modificar a Constituição. Na RDCongo, pelo menos, alguns sinais de contestação já são visíveis e as potências ocidentais advertem publicamente o jovem estadista sobre as consequências da opção desejada por Kabila, 42 anos, a fim de se manter na presidência

24/10/2014 13:55:26

Guiné-Bissau COMEÇO DE NOVA ERA SOB O SIGNO DA UNIDADE

A Assembleia Nacional Popular (ANP) aprovou, recentemente e por unanimidade, o Orçamento Geral do Estado para os meses que restam de 2014, no valor de 120 mil milhões de francos CFA. Todos os deputados presentes do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC – maioritário) e dos restantes partidos, também representados no governo, votaram a favor. Um orçamento e um Governo ainda largamente dependente da generosidade da comunidade internacional

24/10/2014 13:54:02

R.CENTROAFRICANA E R.D.CONGO CATHERINE JUSTIFICA DINHEIRO ANGOLANO E KABILA QUER “BISAR” NO PALÁCIO

Instada a demitir-se, a actual presidente de transição centroafricana, Catherine Samba-Panza, enfrenta a crise política e uma nova vaga de violência gerada por cristãos contra muçulmanos. Enquanto procura justificar, sem convencer os cidadãos, o descaminho da ajuda financeira de Angola, Panza solicita fundos aos outros países produtores do petróleo, no Golfo, entre os quais Arábia Saudita. Em Kinshasa, Joseph Kabila insiste em modificar a constituição a fim de beneficiar de mais um mandato. A intenção poderá desencorajar investidores estrangeiros devido ao temor de um regresso à instabilidade geral no país, já que grupos armados aproveitam o contexto: os extintos tentam recompor-se e os chamados rebeldes ugandeses da ADF-Nalu investem em ataques na região de Nord-Kivu  

25/09/2014 16:49:29

ESCÓCIA O REINO CONTINUA REINO UNIDO

Os escoceses decidiram manter a nação integrada no Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. O «Não» à independência alcançou 55,3% dos votos. O resultado do «Sim» (44,70%) fica aquém das expectativas, pois as sondagens davam um empate técnico. O Tratado da União, datado de 1707, mantém-se em vigor. Ainda assim, a Escócia obteve concessões de poder por parte do Governo britânico.

Os mercados de capitais europeus abriram em alta, descomprimindo do clima de incerteza quanto ao resultado. A grande maioria dos economistas e analistas de mercados apontavam para perdas económicas na Escócia, no Reino Unido e na União Europeia

25/09/2014 16:47:31

SEGUNDO FÓRUM BRASIL-ÁFRICA: ÁFRICA ESTÁ NA MODA!

A União Africana lançou também, em 2010, o Programa de Desenvolvimento de Infra-estruturas em África - PIDA, cujo principal objectivo é promover o desenvolvimento sócioeconómico e a redução da pobreza no continente através da melhoria do acesso às redes de infra-estruturas regional e continental.

31/07/2014 11:00:30

GUINÉ-BISSAU REGRESSA À NORMALIDADE OS GRANDES DESAFIOS DO NOVO PODER DEMOCRÁTICO

A República da Guiné-Bissau (RGA) está a viver um momento particular da sua história com o seu regresso à normalidade constitucional. As novas autoridades saídas das últimas eleições enfrentam agora o grande desafio de a tirar da «situação de caus económico» em que foi votada com o golpe de estado de Abril de 2012 e reformar o sistema de defesa e segurança para garantir a estabilidade político-democrática do país, que já foi considerado o primeiro Narco-Estado de África. O triunvirato do PAIGC composto pelo Chefe de Estado (José Mário Vaz), presidente da Assembleia Nacional Popular (Cipriano Cassamá) e Primeiro-ministro (Domingos Simão Pereira) estabelece como prioridade das prioridades lutar contra a pobreza, relançar a economia, «institucionalizar uma cultura de tolerância zero e de combate à corrupção» e salvaguardar a unidade nacional e paz como factores essenciais para consolidar a democracia multipartidária na pátria de Amílcar Cabral.

1 2 3 4 5 6 7 8

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital