África

 
29/09/2015 11:23:46

COSTA DO MARFIM REGRESSO À “AUTENTICIDADE”, ELEIÇÕES E ESPECTRO DA GUERRA

Partidários do ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, recorrem à violência para contestar a candidatura do chefe de estado cessante, Alassane Ouattara, às presidenciais de 25 de Outubro. O mesmo pretexto que levou o País à guerra entre Novembro 2010 a Maio 2011 está a ser invocado, o de que o potencial estadista deve ser marfinense de gema. Trata-se duma visão condensada no conceito de “autenticidade” (“ivoirité”) que põe em causa a nacionalidade de Alassane Ouattara, a quem políticos e activistas pro-Gbagbo atribuem a origem burkinabe. Para prevenir conflitos, tropas da missão da ONU (ONUCI) e efectivos do exército nacional e da polícia deverão garantir a segurança do processo eleitoral 

29/09/2015 11:22:29

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE: PREPARAÇÃO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2016

Há pouco menos de dez meses das eleições presidencias de 2016 em São Tomé e Príncipe, já são notórias as movimentações políticas com vista à formalização de candidaturas para o referido acto eleitoral, que contará com o apoio técnico e financeiro do Governo de Timor Leste

29/09/2015 11:20:18

FURACÃO FRED FUSTIGOU CABO-VERDE VEM A BONANÇA COM BARRAGENS CHEIAS DE ÁGUA

Vem a bonança depois do furação Fred e a Onda Tropical que, entre final de Agosto e primeira semana de Setembro, fustigaram Cabo Verde. É que apesar de terem causado alguns prejuízos materiais sem perdas em vidas humanas nas ilhas orientais e mais a sul do arquipélago, essas tempestades deixaram para a agricultura de regadio mais de 47 milhões de metros cúbicos de água nas sete barragens construídas recentemente pelo Governo. Serviram ainda para renovar a esperança dos agricultores quanto ao novo ano agrícola e resolver a situação gritante de falta de pastos para gado por causa da seca do ano passado que assolou o país 

29/08/2015 09:39:51

QUE MAL FEZ O LEÃO CECIL?

Angola acolherá em Setembro, na Província do Kuando Kubango,a conferência regional de procuradores africanos para abordar a caça furtiva no continente, numa altura em que está em cima da mesa a crueldade que foi a morte por assassinato, do leão Cecil, o mais querido da África, uma atitude que recebeu comoção mundial. O actor da proeza foi um dentista americano, Walter Palmer, cujo hobby é caçar mas que, com isso, virou vilão global.

Cecil, o mais querido leão entre os turistas que visitam a África, macho alfa de um bando que vivia numa área protegida do Zimbabwe, foi morto por Walter Palmer após ter sido torturado.

O Governador do Kuando Kubango, Higino Carneiro, ao fazer o lançamento da reunião internacional na sua provincia referiu que a caca furtiva constitui um problema em Africa,particularmente o abate indiscriminado de elefantes e rinocerontes para o trafico de marfim. A ONU, alias, estima em centenas de milhares de milhões de dólares as perdas anuais por crime ambiental,que compreende a fauna e flora, a extracção de madeira, caca ilegal e o tráfico de uma grande variedade de animais. Mas falemos da história que vitimou o leão Cecil

29/08/2015 09:35:03

BURUNDI:NKURUNZIZA FERE EQUILÍBRIO ÉTNICO NA GESTÃO DO ESTADO

Já se fazem sentir as consequências da briga de Pierre Nkurunziza por um terceiro mandato, após reeleito em Julho. Fricções entre apoiantes e opositores do regime atiçam assassinatos de militares e civis, perseguição, silenciamento da imprensa. Mais de 70 jornalistas preferiram o exílio. Quebrou-se o equilíbrio conseguido entre hutus e tutsis, que consistia na representatividade nos órgãos do poder, à luz dos acordos de Arusha (no ano de 2000). A diplomacia africana e a ocidental temem o regresso às hostilidades, à semelhança do Rwanda dos anos 90

29/08/2015 09:33:48

CABO VERDE NOVOS TEMPOS NOVAS EXIGÊNCIAS

Cabo Verde é, hoje, um País de Desenvolvimento Médio (PDM). Olhando para o passado, trata-se de um feito notável que resulta do esforço de todos os cabo-verdianos e, em particular, de dois marcos relevantes: 5 de Julho de 1975, quando Cabo Verde alcançou a liberdade da Pátria, e 13 de Janeiro de 1991, quando foi alcançada a liberdade na pátria

27/07/2015 11:00:23

RWANDA: MANOBRAS DE KAGAME PARA CONTORNAR A CONSTITUIÇÃO

Suspensão das emissões da BBC em língua local, promoção de petições a favor da candidatura às presidenciais de 2017, eis algumas manobras atribuídas a Paul Kagame. À luz da constituição, o actual chefe de Estado do Rwanda está proibido de recandidatar-se. Os seus apoiantes, entretanto, invocam os visíveis resultados no domínio social e da economia para justificar a reforma da lei fundamental. Outros falam de imaturidade política dos líderes emergentes que seriam incapazes de gerir o país depois de Kagame

27/07/2015 10:59:21

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE O SONHO DO PETRÓLEO

Pela primeira vez, em 1876 era despertado o interesse pela pesquisa do petróleo em São Tomé e Príncipe. Uma carta do primeiro governador do banco, Francisco de Oliveira Chamiço, dirigida ao ministro e secretário dos negócios da marinha e ultramar propunha a prospecção do petróleo, face aos vestígios superficiais encontrados em duas localidades do país. Ubá-budo e Morro Peixe. Entretanto só em 1972, noventa e seis anos depois, foi materializada sem sucesso a primeira prospecção nas rochas de origem vulcânica.

27/07/2015 10:57:27

CABO VERDE CELEBRA 40 ANOS DA INDEPENDÊNCIA OS PROGRESSOS E DESAFIOS A PENSAR NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES

Os jovens precisam de conhecer a história de como foi possível transformar um país dado por inviável, quando ascendeu a independência, no dia 5 de Julho de 1975, para um país de rendimento médio (PRM) neste momento. É sob este signo que a República de Cabo Verde (RCV) está a celebrar, com pompa e circunstância, os 40 anos da sua existência enquanto Estado livre e soberano – o festejo da efeméride prossegue até final de Setembro próximo. Entretanto, tanto a presidente do PAICV no poder (Janira Hopffer Almada) como o líder do MpD na oposição (Ulisses Correia e Silva) têm posições críticas quanto aos complexos desafios que o país tem ainda por vencer. Todos concordam que o Governo que sair das eleições de 2016 devem trabalhar para acelerar o crescimento económico no actual contexto da crise mundial, diminuir o desemprego que afecta sobretudo os jovens e combater a insegurança interna

25/06/2015 10:18:13

BURUNDI CAÇA ÀS BRUXAS E MASSACRES EM VISTA

No Burundi, há sinais de convulsão semelhantes aos massacres dos anos 90: perseguição contra a velha guarda dos serviços secretos, intimidação da oposição pelos membros da ala juvenil do partido no poder, praticamente convertida em covil de milícias. Polícias e militares desertam. A elite política e cérebros emigram em massa. Os germes de uma rebelião estão visíveis, enquanto o presidente cessante Pierre NKurunziza se recusa a abandonar o poder

26/05/2015 15:02:19

TORNEIO ZONAL DE NATAÇÃO EM LUANDA: DE OURO À BRONZE, ANGOLA FICA NO 3º LUGAR

Angola, como anfitriã ficou em terceiro lugar no quadro geral de medalhas da 13ª Edição do Campeonato Africano da Zona IV disputado na Piscina Olímpica, em Luanda

26/05/2015 14:57:53

Numa semana mais do que o Titanic

A União Europeia pode vir a criar um sistema de acolhimento aos imigrantes e refugiados. A Comissão Europeia tem um plano, que terá de ser viabilizado por outras instâncias do bloco. No entanto, nem todos os estados estão com vontade de ajudar.

26/05/2015 14:55:47

CABO VERDE LÍDER DO MPD QUER SER PRIMEIRO-MINISTRO

O líder do Movimento para a Democracia, Ulisses Correia e Silva defende que o actual quadro político que se vive em Cabo Verde - caraterizado por um baixo nível de crescimento económico, uma elevada taxa de desemprego e um alto índice da criminalidade – só muda com um novo Governo e uma nova maioria parlamentar liderada pelo MpD. Ulisses Correia e Silva, que se apresenta como candidato a Primeiro-Ministro nas legislativas de 2016, considera ainda que se segue, que Angola é um país com o qual a Cidade da Praia deve desenvolver um intenso diálogo político orientado para o reforço das relações económicas e empresariais entre os dois países

26/05/2015 14:53:52

NIGÉRIA A MISSÃO QUASE IMPOSSÍVEL DE MUHAMMAD BUHARI

O presidente eleito da Nigéria, Muhammad Buhari aponta soluções para liquidar o Boko Haram (seita extremista islâmica) e levar o país ao desenvolvimento. Mas um dos aliados militares, o Tchad, critica a estratégia de operações isoladas, julgadas susceptíveis de contrariar os objectivos da coligação anti-terrorista. Segundo receios de estudiosos, os programas de desenvolvimento poderão, por sua vez, esbarrar na resistência aos princípios da economia do mercado, atitude cultivada por algumas personalidades integrantes do elenco escolhido por Buhari

26/05/2015 14:52:35

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE FINALMENTE APROVADO O ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO PARA 2015

Durante a sessão parlamentar para discussão e aprovação do Orçamento Geral do Estado são-tomense para 2015, o Primeiro-Ministro Patrice Trovoada justificou o atraso na apresentação do plano económico e financeiro para o corrente ano com o facto de o seu governo ter sido empossado em finais de Novembro de 2014, numa altura em que os parceiros de cooperação de São Tomé e Príncipe já tinham os seus orçamentos aprovados

1 2 3 4 5 6 7 8

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital