África

 
30/07/2018 11:49:24

R.D. CONGO: BEMBA EM LIBERDADE UM "COMPLOT" CONTRA KABILA?

Mesmo com algum pendente na corte penal internacional, Jean-Pierre Bemba já supera a popularidade dos outros pretendentes à presidência da República do Congo Democrático. A imprensa congolesa suspeita haver uma cabala do ocidente ao ditar a soltura condicional (por enquanto) do líder do MLC (Movimento para a Libertação do Congo). Ameaçado pela visita de João Lourenço e Paul Kagame a França e Bélgica (e agora pela sombra de Bemba), o actual Chefe de Estado (cessante) congolês, Joseph Kabila, mandou pedir explicações aos embaixadores de Angola, França e Bélgica. Os dois últimos países foram palco da acção diplomática de João Lourenço, Chefe de Estado angolano. Em Paris, Lourenço e Emmanuel Macron clarificaram posições sobre a RDCongo, deixando uma evidência nas entrelinhas: Kabila deve abandonar o poder

22/06/2018 07:11:45

MOÇAMBIQUE DEPOIS DE DHLAKAMA RENAMO: COESÃO OU CISÕES?

Afonso Dhlakama e a RENAMO quase se confundiam. Ele personificava o maior partido da oposição e de certa forma centralizava todas as decisões importantes. Contribuíram para isso, entre outros factores, a sua enorme popularidade, o seu jeito simples de fazer política e o carisma. Resumindo: era o líder

23/05/2018 09:01:16

NÃO É QUE A LISTA ESTÁ A MINGUAR ? OS NOSSOS “VELHOS” PRESIDENTES RESISTEM

O Ocidente tem apresentado a África como um continente onde os sistemas democráticos impostos em alguns países é uma “autêntica palhaçada”. Raramente os governantes dos países europeus dizem tal “miminho” na cara da maior parte dos presidentes africanos . Preferem falar entre si, fazem chacota nos corredores dos palácios onde ao longo de todos estes anos vão conversando amigavelmente com os tais “ditadores”, líderes “anti-democratas”, “irmãos africanos do mesmo sangue” (sic!). Para muitos,  na base dos abraços e afagos adocicados por um volume de negócios que produz biliões de dólares a favor dos seus países.

Gozam com os “velhotes” do continente no poder, mas, no fundo, lá os vão engolindo nas maior das calmas. Enquanto isso, apesar de dois ou três presidentes  com a idade acima da média terem sido forçados a abandonar o cargo, restam alguns  bem teimosos. Ora porque o povo quer ou se conforma com as bengaladas dos velhotes; ora porque ainda existe o espírito da “caça às bruxas” em certas regiões deste mundo ingrato ( vai-se lá saber o que se passará depois de se deixar o tacho…); ora porque se está constantemente a mudar a Constituição…Enfim, o que se sabe é que o mel dos tronos ninguém é capaz de os tirar. Felizmente, a lista está a ficar cada vez mais pequena. Ora vejamos, conforme lista publicada pela MSN: 

23/05/2018 08:58:26

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO ELEIÇÕES QUASE FORA DE HIPÓTESE

.O risco de não realização das eleições a 23 de Dezembro de 2018 é evidente 


A justiça congolesa abre um processo acusando o multimilionário Moisés Katumbi de falsificação de documentos, sendo ilegível por ser titular de várias nacionalidades. Mas a popularidade de Katumbi aumenta. Activistas cívicos e autoridades tradicionais juntam-se ao movimento pro-Katumbi “Ensemble pour le Changement” (Juntos para a Mudança). Para os críticos, trata-se de manipulação do regime de Joseph Kabila, impedido juridicamente de brigar novo mandato. Em alternativa, Kabila pensa lançar um delfim às presidenciais, podendo, posteriormente, voltar a assumir a chefia do Estado. O risco de não realização das eleições a 23 de Dezembro de 2018 é evidente. E Kabila aproveita manter-se ainda no poder. Um dos factores do impasse: as “máquinas de votar”, autênticas fábricas de fraude eleitoral na visão dos opositores e da sociedade de pressão. A comissão eleitoral nacional (CENI) tenciona uma auditoria às “máquinas”. Mas a contestação continua. No leste, o exército continua a enfrentar a rebelião em Ituri. Por consequência da guerra, as pessoas dependentes da ajuda humanitária atingem as 13 milhões

08/05/2018 11:34:43

PROCESSO DE GENOCÍDIO CONTRA ALEMANHA PODE AVANÇAR…

Os representantes dos  grupos étnicos da República da Namíbia, Herero e Nama,  exigem da Alemanha  uma recompensa pelo genocídio cometido durante a colonização. Em Janeiro, líderes tradicionais da Namíbia, através dos seus advogados, apresentaram formalmente uma queixa contra a Alemanha num tribunal dos Estados Unidos da América, exigindo uma indemnização, dando-se deste modo o início de um processo que deverá ser longo. Para já, vai se discutindo a hipótese  de se intentar uma acção colectiva contra o Estado alemão

08/05/2018 11:31:56

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO GOVERNO FORJA FRICÇÕES ENTRE IGREJA E OPOSIÇÃO

Confrontado com manifestações a exigir “eleições jᔠe a renúncia do chefe de Estado, Joseph Kabila, o governo do Congo-Kinshasa acusa a oposição de manipular fiéis católicos. O regime lançou o lema “mortes zero” para simbolizar o cunho pacifista e humano de actuação das forças de ordem e segurança face aos manifestantes. Debalde: acabou por não se livrar das responsabilidades pela morte dos participantes nas marchas por balas reais. A Conferência Episcopal Congolesa (Cenco) reitera engajamento na luta por um estado de direito. No entender da oposição, Kinshasa pretende distrair os cidadãos e desviar a atenção do problema central da crise

08/05/2018 11:29:55

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO REGIME DE KABILA SEM RUMO E SEM ALIADOS

Isolado no próprio país e no mundo, Joseph Kabila dialogou com líderes da região tentando uma aproximação. Além disso, aceitou o princípio de visita de uma delegação da ONU e da União Africana. Mas a agenda da ONU para a RDCongo está longe do projecto político de Kinshasa, pois tem as eleições como prioridade da sua missão especial (MONUSCO). E a pressão interna contra Joseph Kabila continua. A fim de a contrariar, forjou milícias para intimidar opositores e movimentos cívicos. Discorda da presença das tropas da ONU no país, mas o exército nacional mostra-se incapaz de travar a onda de violência na região oriental. Para a igreja católica, a matança no leste resulta de manipulação política

03/04/2018 07:43:50

SERÁ POSSÍVEL AO ZIMBABWE RECUPERÁ-LA? ONDE ESTÁ A RIQUEZA DESVIADA POR MUGABE?

Os tablóides sul-africanos publicam inúmeros artigos sobre as "riquezas incalculáveis" que Robert Mugabe e sua família deverão ter acumulado ao longo de 37 anos de poder. No entanto, não é possível ainda avaliar com precisão quanto o ex-Presidente do Zimbabwe e família terão gasto de fundos públicos.

03/04/2018 07:41:56

JUVENTUDE DO CONTINENTE INSATISFEITA ÁFRICA DOMINADA POR POLÍTICOS DO PASSADO

Nenhum continente é tão jovem quanto África. Mas não há espaço para os mais novos na política e nem perspectivas de que assumam posições de topo, num futuro próximo. As manifestações registadas nos últimos anos provam: As populações não estão nada satisfeitas. O Presidente camaronês, Paul Biya, tem 85 anos. O da Guiné, Alpha Condé, 80. Aos 75 anos, o novo chefe de Estado do Zimbabué, Emmerson Mnangagwa, é o mais jovem dos três

05/11/2017 06:48:15

KÉNIA JUIZ DEVOLVE DINHEIRO FANTASMA

O juiz-presidente do Supremo Tribunal do Quénia, David Maraga, que fez história ao anular as últimas eleições presidenciais no país de 8 de Agosto, exigiu ao seu banco que retirasse da sua conta um depósito de 5 milhões de dólares, valor que garante ter sido depositado à sua revelia, alegadamente para minar a sua credibilidade depois de a instância que lidera ter invalidado o escrutínio. Uma decisão que lhe pode custar o cargo

05/11/2017 06:47:02

TOGO PRESIDENTE GNASSINGBÉ VÊ O PODER ESCAPAR

Sem quórum no parlamento para emendar a Constituição e para escapar à crescente onda de manifestações populares, o presidente Faure Gnassignbé propõe diálogo com a oposição. Adversários exigem dele o abandono puro e simples do cargo. Opositores dizem ter perdido confiança no actual chefe de Estado e mobilizam a vontade popular para impedir uma nova candidatura de Faure Gnassingbé às presidenciais

06/09/2017 08:18:23

FORTALECER O COMÉRCIO

As iniciativas da SADC têm impulsionado o comércio entre os estados membros e o resto do mundo, uma tendência que deve continuar com foco renovado na industrialização regional

29/07/2017 07:39:42

MOÇAMBIQUE PRIMEIRO MINISTRO QUER MAIOR VOLUME DE INVESTIMENTOS NO PAÍS

O Primeiro-ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário, desafiou recentemente em Maputo, o novo director-geral da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações (APIEX), Lourenço Sambo, a trabalhar no sentido de aumentar o volume de investimento estrangeiro, elevar e diversificar as exportações do país

29/07/2017 07:38:38

MILHARES CONGOLESES BUSCAM REFÚGIO EM ANGOLA

Os últimos dados divulgados pelo Director Provincial do Ministério da Assistência e Reinserção Social na Lunda-Norte, Wilson Palanca, revelam que os dois centros improvisados pelas autoridades angolanas, no Dundo, controlam mais de 30 mil refugiados provenientes da República Democrática do Congo (RDC)

29/07/2017 07:36:48

REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA ACORDO DE PAZ DE ROMA: UMA AMEAÇA DE MORTE À NASCENÇA

Em vez de fomentar a reconciliação, o acordo de paz (de 20 de Junho 2017) suscita acusações e revoltas. As vítimas do conflito exigem o julgamento de quatro personalidades, incluindo dois ex-chefes de Estado, pela corte penal internacional. O processo de desarmamento, desmobilização, reintegração e repatriamento (DDRR) encalhou. Alguns movimentos armados recusam-se a reconhecer o acordo de Roma. A missão da ONU (Minusca) diz-se optimista

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Copyright © Figuras & Negócios - Todos os direitos reservados strong>

Contato
Home
Acervo Digital